Com atuações seguras e defesas salvadoras, Muralha foi um dos destaques do Flamengo em 2016 e foi recompensado com sua primeira convocação para a Seleção Brasileira. Em entrevista ao ​Lance!, o arqueiro diz que o ano ficará marcado em sua memória, mas garante que quer ir além em 2017.

"Vai ser um ano que ficará marcado na minha vida. Por tudo o que eu passei, hoje estou colhendo tudo que plantei um dia. Eu vou trabalhar muito para seguir sempre tendo uma sequência boa de jogos, aproveitando a oportunidade de estar aqui no Flamengo. Ano que vem vou trabalhar muito para que seja um ano muito melhor do que esse. Ano que vem, como é o pensamento de todos aqui, vamos ganhar títulos pelo Flamengo", assegurou o goleiro.

O Rubro-Negro garantiu vaga na fase de grupos da Copa Libertadores, competição que Muralha disputará pela primeira vez. Questionado sobre o possível nervosismo de uma estreia, o jogador garantiu não estar ansioso pelo torneio.

"Sinceramente, não estou. Tem que se preparar, trabalhar muito. Se preparar não só fisicamente, mas também psicologicamente. É uma experiencia nova na minha vida, mas é natural de isso acontecer por estar no Flamengo. Estou bem tranquilo", afirmou Muralha.

​​