| Futebol

Muricy: "Feliz pelo time estar lutando"

Treinador elogia competitividade e determinação da equipe no Fla-Flu

Muricy elogiou determinação da equipe

Muricy elogiou determinação da equipe

A vitória não veio, mas a postura em campo da equipe rubro-negra agradou ao treinador Muricy Ramalho. Após o empate em 0 a 0 com o Fluminense, na tarde deste domingo (20), no Pacaembu, o técnico do Flamengo afirmou que gostou do primeiro tempo do clássico, "competitivo e intenso" e que ficou feliz por ver a determinação dos jogadores que, segundo ele, "estão lutando".

Quanto ao Mais Querido mandar o clássico no Pacaembu, o comandante não poupou elogios à Maior Torcida do Mundo, que foi esmagadora maioria entre os 30 mil presentes no estádio.

"Claro que nos sentimos em casa. É assim onde o Flamengo vai. É um clube muito gigante. Demos mais renda do que o clássico paulista, para você sentir a força do Flamengo", afirmou.

Confira os principais trechos da entrevista coletiva de Muricy:

Atuação do Flamengo

Primeiro tempo até surpreendeu. O time foi competitivo, marcou forte, foi mais intenso. Segundo tempo caiu o ritmo, como era esperado. Pelas circunstâncias, momentos seguidos de viagem, é difícil (manter o ritmo), mas os jogadores estão entendendo que estamos fazendo o melhor pra eles. O time está determinado, acabou exausto e quarta temos mais uma decisão. Feliz pelo time estar lutando. Isso é legal.

Coração na chuteira
Tem o espírito do clássico. Hoje na preleção eu disse para eles passarem por cima da dor, não podiam sentir nada e serem parceiros no campo. Eles foram parceiros. Alguns estão entrando em forma, como o Ederson. Mancuello daqui a pouco também volta. O time está encorpando. Chegamos à conclusão que mais para a frente temos que fazer um rodízio, porque senão vai ser difícil aguentar essa maratona. Ontem de manhã perguntei a todos sobre a possibilidade de jogar. Se não estiverem 100% é difícil fazerem o que estão fazendo. Estamos no caminho certo.

Mandante no Pacaembu
Claro que nos sentimos em casa. É assim onde o Flamengo vai. É um clube muito gigante. Demos mais renda do que o clássico paulista, para você sentir a força do Flamengo.

Atuações em clássicos
Contra o Vasco ainda estávamos nos ajustando. No primeiro jogo contra o Fluminense fomos muito bem em... nem sei mais onde o jogo foi (Brasília). Hoje empatamos com um Fluminense que treinou a semana toda, e isso faz uma diferença grande. Atualmente nós só recuperamos os atletas, e isso é bem feito graças ao excelente trabalho da comissão técnica. Nosso treino agora é descansar. Mas clássico é bom para medir forças.

Semifinal da Copa da Primeira Liga contra Atlético-PR
É um time chato, de velocidade e com jogadores que sabem jogar. Vai ser uma pedreira. Estaremos mesclados, sem o nosso artilheiro (Guerrero) e o Cuéllar, mas esperamos fazer um grande jogo. A torcida tem que encher o estádio de Juiz de Fora e ser o 12º jogador. Precisamos dessa força mais do que nunca.

Duas substituições
Se for para mexer no time, é para fazer algo. Se for mexer por mexer, é melhor deixar quem está lá, porque quando alguém entra não está no mesmo ritmo dos outros. Além disso, num clássico como esse tem que guardar alguma coisa até o final, porque alguém pode ser expulso, ter um problema muscular... essas coisas podem acontecer.

Agitação na lateral do campo
Hoje mais do que nunca o time precisava de uma força. Além disso, no Flamengo não dá para ficar sentado, não dá para ficar tranquilo.

Felipe Vizeu
Vem sendo preparado com calma, ainda é muito garoto. Ainda não é o cara. Deve ter essa oportunidade, e ele sabe que aqui no profissional tem que aproveitar as oportunidades, porque elas sempre vão surgir. Tem que estar preparado porque vem a chance e a cobrança. É um atacante que joga fixo, como era no meu tempo, e muito perigoso dentro da área. Por isso precisa da aproximação dos demais.

Fonte: http://flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/23092/muricy-feliz-pelo-time-estar-lutando

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.