| Futebol

Muricy inicia Brasileiro ameaçado de entrar em recente lista do Flamengo

Pressionado pelo início de ano instável do Rubro-Negro, Muricy Ramalho pode entrar na extensa lista de técnicos demitidos durante o Brasileirão por Bandeira de Mello. Confira!

flameng - Muricy inicia Brasileiro ameaçado de entrar em recente lista do Flamengo

Nem mesmo o histórico de ter quatro títulos brasileiros como técnico em seu currículo pode ser suficiente para entrar em uma lista indesejada na história recente do Flamengo. Desde que Eduardo Bandeira de Mello assumiu o posto de presidente do clube, os maus resultados no Brasileirão causaram uma intensa troca de treinadores.

O LANCE! elenca abaixo a série de mudanças feitas durante a Era Bandeira de Mello, que chegou ao poder em 2013 e, após uma reeleição, seguirá no clube até 2018.

JORGINHO (2013)

Contratado no decorrer do Campeonato Carioca, Jorginho não resistiu ao pífio início do Flamengo no Brasileirão. Após dois empates e duas derrotas, o treinador deixou a equipe, tendo como última lembrança um revés por 1 a 0 para o Náutico.

MANO MENEZES (2013)

Após vir repleto de confiança, por seus trabalhos no Grêmio, Corinthians e por já ter passado pela Seleção Brasileira, Mano Menezes abreviou sua passagem no Flamengo de maneira repentina. Apesar dos resultados promissores na Copa do Brasil, a campanha oscilante no Brasileirão falou mais alto para o técnico se demitir após 22 jogos, deixando como última imagem uma derrota por 4 a 2 para o Atlético-PR. 

JAYME DE ALMEIDA (2014)

Interino promovido a treinador no ano anterior, Jayme de Almeida levou o Flamengo aos títulos da Copa do Brasil de 2013 e do Campeonato Carioca de 2014, mas não resistiu ao mau início no Brasileirão. Na edição de 2014 da competição nacional, foram quatro jogos, com uma vitória, um empate e duas derrotas.

NEY FRANCO (2014)

O treinador com passagem mais fugaz do Flamengo foi Ney Franco. Credenciado pelo bom início de Brasileirão no Vitória, o técnico campeão da Copa do Brasil de 2006 não deixou saudades em sua nova passagem. Foram sete jogos, com três empates e quatro derrotas (a última, um sonoro 4 a 0 para o Internacional), até a substituição por Vanderlei Luxemburgo.

VANDERLEI LUXEMBURGO (2015)

Vindo de uma eliminação no Campeonato Carioca, o renomado Vanderlei Luxemburgo viu o início de Brasileirão ser a gota d'água para sua mais recente passagem no Flamengo. Em três jogos, foi um empate e duas derrotas (a última, por 2 a 1 para o Avaí). 

CRISTÓVÃO BORGES (2015)

A aposta do Flamengo para a sequência da temporada foi em Cristóvão Borges, que já tinha passagens por Vasco e Fluminense. Porém, os resultados seguiram oscilantes: em 16 jogos no Brasileirão, foram sete vitórias, oito derrotas e um empate (a demissão ocorreu devido à derrota por 1 a 0 para o Vasco, no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil).

OSWALDO DE OLIVEIRA (2015)

Para a sequência do ano, a diretoria do Flamengo recorreu a Oswaldo de Oliveira. Mesmo após a eliminação para o Vasco na Copa do Brasil, o Brasileirão trouxe uma sequência promissora, com seis vitórias seguidas. Só que a má fase voltou, a ponto de sua demissão ser anunciada a duas rodadas do fim da competição. 

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/muricy-inicia-brasileiro-ameacado-entrar-recente-lista-flamengo.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.