| Futebol

Muricy sobre Fla: "Trabalho que tenho mais prazer em participar"

Treinador exalta projeto em andamento no Flamengo

Muricy exaltou projeto do futebol rubro-negro

Muricy exaltou projeto do futebol rubro-negro

Em entrevista coletiva no Centro de Treinamento George Helal, Muricy Ramalho falou sobre o trabalho que vem sendo realizado até o momento no Flamengo. Segundo o técnico, que ostenta currículo invejável, o projeto no Mais Querido é o que lhe dá "mais prazer em participar".

"Estou numa fase da minha carreira de querer fazer um bom trabalho no dia a dia, na estrutura do clube, mas agora precisa começar a dar resultado. Devido aos profissionais que temos aqui diminuímos muito o número de lesões. O trabalho às vezes é bom e não dá resultado, às vezes é ruim e dá resultado. Mas agora é hora de dar resultado, porque o time já tem entrosamento, já está trabalho há um tempo junto, então esse é o momento", afirmou Muricy.

Seja sócio-torcedor e faça o Flamengo cada vez mais forte. Clique aqui e entre agora para o Nação Rubro-Negra.

Confira os principais trechos da entrevista:

Balanço do trabalho
Eu acho que o trabalho está sendo muito bem feito. É o trabalho que tenho mais prazer em participar. Estou em uma fase da minha carreira de querer fazer um bom trabalho no dia a dia, na estrutura do clube, mas agora precisa começar a dar resultado. Devido aos profissionais que temos aqui, diminuímos muito o número de lesões. O trabalho às vezes é bom e não dá resultado, às vezes é ruim e dá resultado. Mas agora é hora de dar resultado, porque o time já tem entrosamento, já está trabalhando há um tempo junto, então esse é o momento.

Oscilação do time
Jogamos algumas vezes um bom futebol. Nosso time é muito técnico. Na maioria dos jogos os times adversários jogam no nosso erro, sempre atrás da bola. Não vamos mudar nosso estilo de propor o jogo por isso, mas algumas coisas ainda têm que melhorar.

Protesto de torcedores no CT
Realmente eu não sei o que vai ser. Isso é uma novidade pra mim, pois me concentro muito no trabalho e não sabia que aconteceria. As pessoas têm direito de protestar. Mas nós esperamos que eles confiem na gente, porque vamos mudar essa situação e vai ser com o apoio deles que o faremos.

Capitão Wallace
Bom, aqui decidimos as coisas por méritos. Se o técnico achar que o jogador está jogando bem, ele vai continuar. Parece que as pessoas não têm muita simpatia por ele, principalmente vocês (imprensa), mas se você for analisar friamente, ele está jogando bem.

A questão defensiva
A defesa começa na frente. Sem a bola, é importante que os jogadores de frente marquem adiantados, porque senão acaba sobrando tudo para a defesa. Nós estamos treinando muito isso (marcação adiantada). O time defende bem quando defende todo mundo e o time ataca bem quando ataca todo mundo. Não dá para analisar defesa e ataque separadamente, temos que analisar o time.

Copa do Brasil
Estamos analisando o Fortaleza. Nós vimos o primeiro jogo, o Jayme foi ver o segundo jogo. Mas sim, o time que treinou nesta manhã pode vir a enfrentar o Fortaleza na quarta-feira. Fernandinho tem chances de ser titular, sim.

Recuperações de Éverton e Emerson Sheik
Não foram exatamente contusões o que eles tiveram, são cicatrizes de contusões antigas. É comum essas cicatrizes incomodarem os jogadores, principalmente o Emerson, que já joga há muito tempo. O Éverton tem o mesmo problema. Só quando tivermos certeza de que o jogador tem condições de voltar a campo nós o faremos. Temos que tomar cuidado. Desde o começo do trabalho estamos procurando ter o mínimo de contusões possível e isso está dando resultado devido ao treinamento e devido à estrutura. Também estamos sendo pacientes. Se o jogador estiver mais ou menos, não o escalamos. Só voltarão a campo quando estiverem 100%.

Reação dos jogadores
Todos nós estamos conscientes que todos nós precisamos ir mais atrás dos resultados. Quem acompanha o dia a dia sabe que esse é um grupo que trabalha muito. Estão aborrecidos sim. Trabalho no futebol há muitos anos e já vi grupos que não estão preocupados com nada, mas esse grupo sim. Eles têm uma disciplina e um comprometimento com o trabalho incríveis. Às vezes a falta dos resultados esconde essas coisas. Por isso estamos confiantes. O grupo está querendo muito e está trabalhando muito duro, por isso tempos esperança de logo conseguirmos os resultados.

Reforços para o setor defensivo
O número de jogadores de defesa é muito baixo, principalmente com esse problema contratual do César Martins. Agora ficaremos com apenas três jogadores na defesa: Léo Duarte, Juan e Wallace. Estamos atentos, estamos correndo atrás, mas o mercado está bem difícil. Estamos procurando jogadores de qualidade, tanto brasileiros quanto estrangeiros. Mas sabemos que precisamos contratar para esse setor.

*Matheus Oliveira, sob supervisão de Isabela Abirached

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/23293/muricy-sobre-fla-trabalho-que-tenho-mais-prazer-em-participar

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.