| Futebol

Na cola: Flamengo vence Figueirense e segue a um ponto da liderança

Defensores mostram técnica e poder de fogo, com assistência precisa de Vaz e cabeceio de Willian Arão, e Diego completa de pênalti

flameng - Na cola: Flamengo vence Figueirense e segue a um ponto da liderança

Flamengo segue na cola do líder

Mengão em campo, sol brilhando forte em um céu de brigadeiro, estádio lotado de rubro-negros. São Paulo amanheceu com jeitinho carioca para ver o Mengo jogar. Os torcedores que acordaram cedo neste belo domingo para assistir ao jogo no Pacaembu começaram o dia da melhor forma possível - com vitória do Mais Querido. Com gols de Arão  e Diego vieram mais três pontos no Brasileirão, que mantêm o clube na cola do líder, a apenas um ponto do topo da tabela.

Domínio, susto e alívio
Pressão foi o sobrenome do Flamengo nos primeiros minutos de jogo, tanto na marcação da saída de bola do adversário quanto ofensivamente, com Damião, Éverton e Gabriel dando trabalho dentro da área. Teve até zagueiro curtindo uma de atacante: aos 11, Rafael Vaz soltou a bomba de fora da área e a bola passou tirando tinta da trave esquerda de Gatito Fernández. Aos 15, Arão deu de primeira na medida para Diego quase abrir o placar em chute cruzado e arrancar suspiros da torcida, que não estava poupando suas cordas vocais no Pacaembu. O torcedor se agitou na arquibancada mais uma vez quando o camisa 35 devolveu a gentileza de Arão e serviu o volante na entrada da grande área para arriscar um belo chute que, por pouco, foi por cima do travessão.

Aos 30, em cobrança de pênalti de Damião, a bola acabou parando nas mãos do goleiro alvinegro. Mas para alívio dos rubro-negros, a rede não demoraria a balançar, em uma jogada que premiou a versatilidade de dois atletas de defesa. Vaz, que já tinha arriscado bom chute, dessa vez foi garçom para Willian Arão; o volante chegou como elemento surpresa, livre de marcação dentro da área, e recebeu redondinha para finalizar bonito de cabeça e soltar o grito de gol que tinha ficado engasgado: 1 a 0 Mengão e muita festa no Flacaembu. Ao final do primeiro tempo, os números mostravam 74% de posse de bola para os comandados de Zé Ricardo.

2 a 0 e três pontos na conta
Incansável, o Flamengo voltou para a etapa complementar a cem por hora. Logo aos quatro minutos, Gatito teve trabalho em contra-ataque puxado por Damião e finalizado por Diego. Logo depois, o próprio centroavante teve grande chance na cara do gol, mas não pegou bem na bola e acabou isolando. Aos 11, bola na trave de Réver. O placar foi ampliado aos 25, com Diego, em nova penalidade. Gatito acertou o canto mais uma vez, mas a bola passou por ele e morreu no fundo da rede. Logo em seguida, o 3 a 0 escapou na defesa do goleiro adversário, que pegou à queima-roupa a finalização de Vizeu. A superioridade do Rubro-Negro, que já era incontestável, passou a ser numérica com a expulsão de Marquinhos Pedroso. Convocado por Tite, Alex Muralha fez apenas uma defesa em toda a partida, aos 49 do segundo tempo. No final, hino tocando alto no estádio, 2 a 0 no placar e muita comemoração da torcida que lotou o Paca.

E agora
Esta quarta-feira, às 21h45, o Flamengo volta a campo pelas oitavas de final da Copa Sul-americana. A partida contra o Palestino-CHI será no estádio Santa Laura, no Chile. Pelo Brasileirão, o time joga só no próximo domingo (25), às 16h, contra o Cruzeiro.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/24126/na-cola-flamengo-vence-figueirense-e-segue-a-um-ponto-da-lideranca

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.