Na Colômbia, Cuéllar pede vitória e exalta Fla: 'É o maior do Brasil'

Na Colômbia, Cuéllar pede vitória e exalta Fla: 'É o maior do Brasil'

Conhecedor do futebol colombiano, o volante Gustavo Cuéllar acredita que o Flamengo tem tudo para voltar de Bogotá com os três pontos na bagagem. Nesta quarta-feira, o Rubro-Negro encara o Santa Fe, às 21h45, em partida pela fase de grupos da Copa Libertadores. E mesmo com toda pressão em cima do elenco, ele fez questão de exaltar a grandeza do clube e garantiu que está tranquilo para o confronto.

- Pressão só de jogar no Flamengo, já existe. É o maior time do Brasil e isso é muito normal. Temos que superar isso, tentar fazer um bom jogo que vai nos deixar ainda em situação melhor - comentou.

Mesmo ciente da força do Flamengo, o volante pediu cuidado com os rivais colombianos, em especial com o atacante Morello. Foi dele o gol no Maracanã, que culminou no empate na última quarta-feira. O colombiano, inclusive, é o artilheiro da Copa Libertadores com oito gols marcados.

- O time deles é muito competitivo, mostrou isso no Maracanã. Fizeram um jogo inteligente para eles lá. Deixamos eles sentirem conforto, temo que aprender que não conseguimos isso. Temos que tentar levar os pontos. Só pensamos nisso - disse.

O Flamengo realizou nesta terça-feira a última atividade antes do confronto e com portões fechados para a imprensa. A tendência é que Diego, que é dúvida, retorne, assim como Everton Ribeiro, que não enfrentou o América-MG, no sábado, por estar cumprindo suspensão, no Brasileiro.

Cuéllar, por sua vez, fará sua segunda partida na competição continental. Nos confronto com o River Plate (ARG) e Emelec (EQU) ele cumpria suspensão resultante da final da Copa Sul-Americana do ano passado. Ele foi punido em duas partidas.