| Futebol

Na festa do título mundial, Benite revela que pediu para marcar Pargo

Vindo do banco, ala-armador disse que estava descansado e queria aproveitar o cansaço do americano, que praticamente não saiu de quadra neste domingo

Festa flamengo basquete (Foto: Marcello Pires)Mulheres de jogadores do Flamengo com a taça da Copa Intercontinental de Clubes (Foto: Marcello Pires)

A derrota do Flamengo para o Bahia no telão pouco importava. Na festa que lotou uma churrascaria da Zona Oeste do Rio de Janeiro, o único assunto permitido era basquete. Os campeões intercontinentais saboreavam merecidamente o título histórico com seus familiares.

Entre fotos com a taça, brindes e músicas que ecoaram na Arena da Barra na vitória sobre o Maccabi por 90 a 77, uma revelação do ala-armador Benite chamou atenção. Chamado pelo técnico José Neto para entrar no jogo no terceiro período, fez um pedido, no mínimo, inusitado ao treinador.

- Ele me chamou no meio do terceiro quarto para entrar e eu pedi para marcar o Jeremy Pargo. Não queria que o cara jogasse mais (risos) – brincou Benite.

Festa flamengo basquete (Foto: Marcello Pires)Jogadores do Flamengo comemoram título em churrascaria (Foto: Marcello Pires)





Depois, o jogador falou sério e explicou a atitude no fim da decisão do Campeonato Mundial:

- Eu sabia que estava arrumando uma confusão para mim, mas estava descansado, sei que o time confia muito na minha defesa e ele estava num ritmo forte. Isso tornou minha tarefa um pouco mais fácil. Acho que no fim das contas deu certo - disse Benite.

saiba mais
  • Fla derruba o Maccabi e fatura seu maior título da história do basquete
  • Eufórica, torcida do Fla invade a quadra
  • Marquinhos confirma proposta para voltar à NBA, mas Fla quer compensação
  • Confira as fotos da história conquista do Flamengo

 A confiança em Benite era tanta, que Marquinhos afirmou durante a festa que soube exatamente a hora que teve certeza da vitória.

- Quando eu notei que o jogo deles estava concentrado no Pargo, tive certeza que nós venceríamos. Embora ele estivesse matando muitas bolas, o resto do time se acomodou e deixou a responsabilidade só para ele. Isso facilitou a nossa marcação sobre ele – contou Marquinhos, que voltou a afirmar que recebeu uma proposta do New Orleans Pelicans.

vitor benite flamengo basquete taça (Foto: Reprodução)Vitor Benite posa com a taça da Copa Intercontinental (Foto: Reprodução)

O camisa 8 do Flamengo não foi o único destaque na vitória rubro-negro. Irreconhecível na derrota por 69 a 66, sexta-feira, Jerome Meyinsse deu a volta por cima e se consagrou neste domingo. Com 22 pontos, o pivô americano foi levou a melhor sobre o australiano Maric no jogo interno e foi uma das armas ofensivas do técnico José Neto.

Festa flamengo basquete (Foto: Marcello Pires)Marquinhos posa com a taça (Foto: Marcello Pires)

- Eu sei que fui muito mal na sexta-feira e não consegui encontrar meu jogo ofensivamente na sexta-feira. Assisti os vídeos, corrigi meu posicionamento e hoje consegui encontrar os espaços na defesa deles para fazer meu jogo. Acho que o Nico teve uma importância muito grande na minha atuação, pois sempre chamou a melhor jogada para mim – afirmou Meyinsse.

Com quatro títulos conquistados com a camisa do Flamengo em pouco mais de um ano, o americano admite que já está se acostumando mal. Principalmente na hora das comemorações.

De malas prontas para embarcar para os Estados Unidos como restante do elenco rubro-negro no próximo sábado, Jerome diz que vai ser especial representar o Flamengo em casa.

- Vai ser muito bom poder jogar essas três partidas pelo Flamengo na pré-temporada da NBA. Serão jogos difíceis, contra grandes times, mas vamos tentar vencer. Infelizmente não vou enfrentar nenhum antigo companheiro nos três jogos – vibrou o jogador.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.