"Eu também gostaria muito que se decidisse (sua situação contratual com o Bayern) o mais rápido, mas não posso pressionar. Sei que sou um jogador importante aqui (na Alemanha), a vontade deles é contar comigo. Não posso pressionar para me liberar. Em janeiro posso assinar um pré-contrato com outro clube, se eu não for continuar. Até o começo do mês de janeiro vou saber qual vai ser meu próximo clube ou se vou continuar no Bayern", afirmou Rafinha, em entrevista ao site ​O Tempo.

O Bayern de Munique já deixou claro que pretende renovar o vínculo do jogador brasileiro, que a partir de janeiro pode assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe caso decida não permanecer na Alemanha.

​​

​​