Na súmula do Fla-Flu, árbitro cita, mas não detalha polêmica no fim da partida

Um dos principais personagens do polêmico clássico entre Flamengo e Fluminense, que acabou com a vitória rubro-negra por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, o árbitro Sandro Meira Ricci não explicou na súmula a decisão de anular o gol do empate tricolor, marcado aos 39 minutos do segundo tempo pelo zagueiro Henrique. Nela, ele apenas cita que o "jogo foi paralizado por 10 minutos, aos 40 do segundo tempo, pelos atletas de ambas equipes terem protestado contra a decisão da arbitragem em um lance de impedimento".

No lance, Henrique cabeceou após cobrança de falta de Gustavo Scarpa e marcou. Seria o empate, mas o auxiliar Emerson Augusto de Carvalho levantou a bandeira para anular. Só que, após pressão do zagueiro autor do gol e conversa com o árbitro Sandra Meira Ricci, o lance acabou validado. Mas apenas por alguns minutos.