| Futebol

Nada de novo

Copa do Mundo

 Passados cerca de metade do período em que o Campeonato Brasileiro fica paralizado para a realização da Copa do mundo, o Flamengo ainda não apresentou novidades em relação as prometidas contratações após ao fatídico jogo contra o Cruzeiro de MG. Muitos nomes são especulados na Mídia, porém até o momento, nenhum foi confirmado. Temos esperanças que até o reinício do brasileirão, pelo menos uns três jogadores sejam confirmados para o reforço de nosso elenco. Também a "barca" sonhada por muitos, está longe de zarpar das águas bravías da Gávea, cremos que também a exigência de profissionalismo, comprometimento e vontade aos nossos atletas, poderá melhorar bastante o nosso pífio desempenho no referido campeonato.
Esta Copa está nos mostrando que as diferenças técnicas estão se estreitando, um time bem treinado, coeso e com vontade poderá sempre superar suas limitações. 
 
 
Copa do Mundo
 
A Copa surpreende pelo número de gols, pelo jogo solto e descontraído da maioria das seleções,porém acreditamos que o campeão não marcará uma época no futebol,não observamos nenhuma equipe de grande nível,a coisa está bem nivelada.Os favoritos que ainda respiram têm demonstrado altos e baixos, a excelente Alemanha contra Portugal demonstrou deficiências contra o bom time de Gana, a Holanda avassaladora contra a Espanha, já não foi tão irresistível contra a Austrália, a Itália de grande exibição contra a Inglaterra sucumbiu diante da surpreendente Costa Rica, a Argentina deixou a desejar nos dois jogos que realizou e ontem merecia perder... O Brasil não convenceu nos seus dois jogos, longe disso, mas nada está perdido,apesar de nossas evidentes limitações, o bicho papão ainda não deu o ar da graça nesta Copa.
 
 
Historinhas Rubro negras
 
Antes da trágica Copa de 50,o Flamengo tinha o maior jogador daquela seleção.O grande Thomás Soares da Silva, o Zizinho, craque do nosso primeiro Tricampeonato, e em tempos de romantismo no futebol, um rubro negro realmente de coração, todavia já naqueles tempos tínhamos dirigentes oportunistas e com interesses que iam além dos clubes que administravam.
Nosso Presidente era o Sr.Dario de Mello Pinto,amigo de Guilherme da Silveira, o Silveirinha Patrono do Bangu... Nosso Presidente em conversa informal com Silveirinha, lhe falou de interesse em ter um encontro com determinado Ministro do governo da época, seria fundamental um favor dele para alavancar seus negócios particulares. Eis que Silveirinha lhe diz... Sou muito amigo dele, além do encontro posso influenciar na obtenção de seu interesse.
queria ir, mas ficou indignado quando soube que era o centro de uma negociata, revoltado dias após estava em Moça Bonita. Jogou por lá até 1956, em 57 se transferiu para o São Paulo onde foi campeão.... Morreu magoado com a situação e nunca mais voltou ao clube de seu coração... SRN


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.