• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Natan se posiciona sobre expulsão e nega xingamento ao árbitro em empate do Flamengo

O Flamengo entrou em campo para enfrentar o Racing, na noite desta terça-feira (24), e empatou em 1 a 1, pelo primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores da América. Natan ficou a partida toda no banco de reservas, até ser expulso no segundo tempo. O árbitro venezuelano Alexis Herrera justificou, em súmula, o motivo de ter dado cartão vermelho ao zagueiro. O defensor, no entanto, se posicionou sobre o tema.

 

De acordo com o árbitro, Natan teria o xingado fortemente, além de ter feito gestos acintosos ao reclamar do cartão vermelho dado a Matheus Thuler, também expulso. Porém, Natan utilizou as redes sociais, tanto o Twitter quanto o Instagram, para negar veementemente a justificativa dada por Alexis Herrera. Além disso, ele garantiu estar triste pelo ocorrido, mesmo sem ter feito nada.

Referente ao que foi divulgado pelo árbitro da partida na súmula, gostaria de me posicionar deixando claro para todos que em nenhum momento xinguei o juiz. Quem me conhece sabe que jamais iria fazer isso ou algo do tipo. Mas, infelizmente, fui escolhido aleatoriamente para receber o vermelho, que me deixou fora da próxima partida. Peço desculpas a todos, mesmo sem entender até agora tudo que aconteceu. Estou triste com o cartão, mas bola para frente, seguir firme e trabalhando“, publicou o zagueiro.

Natan e Thuler agora cumprem suspensão no segundo e decisivo confronto das oitavas de final da Libertadores da América, diante do Racing. As opções de Rogério Ceni para o setor são: Gustavo Henrique, Léo Pereira, Gabriel Noga e Otávio. Rodrigo Caio ainda está em tratamento e é dúvida para o confronto marcado para a próxima terça-feira (01), no Maracanã, às 21h30 (horário de Brasília).

Publicado em colunadofla.com.