| Futebol

Neto valoriza coletivo do Flamengo e vê equipe querendo ainda mais

Técnico enxerga seus comandados cada vez mais motivados e comemora conquista de Copa Intercontinental com emoção: ''Marca na história do basquete brasileiro''

 

Campeão de tudo. Após a conquista da Copa Intercontinental de Clubes, sobre o Maccabi Tel Aviv, o time de basquete do Flamengo pode encher a boca para dizer que conquistou os principais títulos que disputou nos últimos anos. No comando da equipe vencedora, José Neto não escondeu a alegria e emoção com o feito histórico deste domingo. No entanto, deixou claro que seus comandados não mudarão a postura no restante da temporada. Para ele, quem se acostuma a vencer jamais quer mudar o hábito.

- A motivação é continuar ganhando. Quando você sente o gosto de ganhar, acho que não quer mudar. Quer continuar sentindo esse gosto. Quando se sente prazer por alguma coisa, você quer continuar tendo. Isso motiva. Eles sabem o sabor disso aqui e é isso que eles estão buscando - afirmou o treinador rubro-negro.

Flamengo campeão intercontinental de basquete (Foto: André Durão)Toda a equipe rubro-negro celebrando a conquista (Foto: André Durão)



O treinador do Flamengo reconheceu o feito histórico de seu time no jogo da Arena da Barra, neste domingo. Antes da conquista rubro-negra, o Sírio, de São Paulo, era o único time brasileiro com um título de expressão internacional: o Mundial Interclubes de 1979, superando o Bosna, da antiga Iugoslávia, na final. Satisfeito, ele apontou o triunfo como uma vitória de todo o basquete brasileiro.

saiba mais
  • Concorra a ingressos para o NBA Global Games
  • Marquinhos confirma proposta da NBA
  • Galeria de fotos da conquista do Flamengo
  • Baixa o papel de parede do Flamengo campeão

- O basquete já me deu muita coisa. Talvez tudo que eu tenho. Me sinto na obrigação de poder retribuir quando tenho uma oportunidade ao basquete brasileiro. A gente conseguiu com o Flamengo colocar um pontinho na história e colocar uma marca na história do basquete brasileiro e isso é muito importante. Esse é um título do Brasil, um título do Flamengo, da Liga Nacional. É um título da nossa briga para o basquete brasileiro ser cada dia melhor - disse o treinador.

Foco no coletivo e preocupação no início de jogo

O comandante rubro-negro é do tipo que valoriza muito o coletivo. José Neto prefere não destacar seus jogadores de forma individual, e enaltece o jogo conjunto. Para ele, essa é uma das receitas de um time vitorioso. Depois da conquista de domingo, ressaltou o fato de que, a cada competição, os MVPs do Flamengo mudam.

Flamengo copa intercontinental de Basquete (Foto: André Durão)José Neto e seus comandados comemorando a vitória (Foto: André Durão)

- Não acredito em basquete que não seja coletivo, por isso fico muito orgulhoso em ver que em todas as competições que vencemos, o melhor jogador nunca é o mesmo. Isso mostra que os jogadores acreditam nos meus métodos e somos uma equipe forte coletivamente - explicou.

Para vencer o Maccabi, o Flamengo não encontrou facilidade em todo momento. O time israelense fez jogo duro. Sobretudo no primeiro jogo, sexta-feira, quando venceram por 69 a 66. Já com o troféu em mãos, Neto afirmou que chegou a temer quando o time estrangeiro abriu vantagem no primeiro quarto.

- Tive receio no começo do jogo sim. Eles têm muito volume, uma rotação muito forte e sabíamos que isso dificultaria nossa defesa. O objetivo é controlar o jogo o máximo que pudéssemos e dar o bote no final. Fomos consistentes, tivemos maturidade e conseguimos - lembrou Neto.

Após a conquista da Copa Intercontinental, no Rio de Janeiro, o time de basquete do Flamengo se prepara para um novo desafio. A delegação agora vai arrumar as malas para encarar os jogos contra Phoenix Suns, Orlando Magic e Memphis Grizzlies pela pré-temporada da NBA.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.