| Futebol

No Flamengo, Réver se recusa a escolher entre Alex Muralha e César

Dupla disputa uma vaga no gol rubro-negro para a semifinal da Sul-Americana

flameng - No Flamengo, Réver se recusa a escolher entre Alex Muralha e César

O Flamengo tem um jogo decisivo na próxima quinta-feira, contra o Atlético Junior, de Barranquilla, que pode dar a classificação à final da Copa Sul-Americana. Às véspera da partida, uma questão está em aberto: quem ocupará o gol, Alex Muralha, que vem de duas falhas, ou César, recém-inscrito e que não joga há dois anos no time principal. Capitão do time, o zagueiro Réver foi questionado na entrevista coletiva desta segunda-feira, após o treino no Ninho do Urubu, sobre quem deveria ser o titular. Mas se esquivou da resposta e disse que a “missão” é do treinador Reinaldo Rueda.

OPINIÃO: Por que Muralha não pode ser titular do Flamengo na Sul-Americana

— São dois momentos diferentes, do Muralha e do César. O César, depois dessa partida, teve seu nome gritado com os erros no jogo. O Muralha é um jogador que está sendo visado pelos torcedores, por algumas coisas que aconteceram, isso mostra sua insegurança. Para nós (jogadores), sempre se mostra seguro, trabalha bem na semana. Sabemos da capacidade dos dois goleiros, cabe ao treinador decidir a missão. Temos confiança nos dois. Muralha não vive um momento tão bom, e César está há muito tempo sem jogar — disse.

Indagado sobre o que faria para se reerguer se vivesse o mesmo problema de Alex, Réver afirmou que cuidaria do psicológico. Para o zagueiro, estar com a cabeça boa é mais importante do que a parte técnica em um momento de falhas e pressão.

— Eu acho que jogador tem que estar preparado para tudo, principalmente para os momentos ruins. Eu procuraria me empenhar ao máximo, me preparar psicologicamente para estar 100%. Nem tecnicamente, é psicologicamente mesmo, para poder jogar. No futebol, as coisas acontecem muito rápido — disse.

Na saída de campo, após a derrota do Flamengo, Alex Roberto saiu sozinho do gramado da Ilha do Urubu, sem qualquer companheiro o apoiando. A situaçaõ chamou a atenção, e o zagueiro Réver explicou que não tinha visto a cena.

LEIA TAMBÉM: Goleiro César manda recado: 'Se precisar de mim, estou pronto'

— Não o vi saindo sozinho do campo. Estava próximo da intermediária tentando juntar o máximo de jogadores para mostrar uma indignação pelo resultado, por conta da partida. Não pelo erros do Muralha. Não o vi saindo, teria o puxado também para mostrar apoio — afirmou.

O Flamengo enfrenta o Atlético Junior na próxima quinta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Estádio Metropolitano, em Barranquilla, na Colômbia. Um empate já dá a vaga ao time na final da Copa Sul-Americana, já que, no jogo de ida, o Rubro-negro venceu por 1 a 0, no Maracanã.

Fonte: https://oglobo.globo.com/esportes/no-flamengo-rever-se-recusa-escolher-entre-alex-muralha-cesar-22118715

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.