| Futebol

Novas contratações: queremos personalidade!

flameng - Novas contratações: queremos personalidade!

É inegável o avanço, em matéria de organização e responsabilidade financeira, que o Flamengo vem experimentando nos últimos quatro anos.

Nesse ínterim, o Clube implantou um setor, munido com quatro profissionais na atualidade, dedicado à análise de desempenho e à inteligência de mercado.

Sem dúvida, esse trabalho, aliado ao aumento de credibilidade advindo da recente fama de bom pagador e da enorme melhora na estrutura de treinamento, musculação e fisioterapia, tem elevado o nível técnico das últimas contratações, sendo o meia Diego Ribas o mais emblemático exemplo de sucesso neste quesito.

Falando em Diego, cumpre lembrar que alguns importantes reforços têm chegado sem a necessidade de o Mengão pagar multas rescisórias, o que credito também ao acompanhamento do mencionado setor de inteligência rubro-negro.

Desta forma, em que pese serem recorrentes e intermináveis os debates entre torcedores sobre o eventuais acertos ou erros na escolha de novos contratados, como aliás é natural em uma torcida tão gigante e heterogênea como a do Flamengo, é alentadora a informação de haver um estudo prévio, dentro do Clube, sobre possibilidades para cada posição que se mostre carente.

Todavia, além das estatísticas relacionadas à técnica, ao rendimento, à condição física e ao status contratual, existe outro ponto de grande relevância para que os jogadores contratados tenham maior chance de êxito no Mengão: a PERSONALIDADE.

Dizem que o Manto Sagrado pesa tanto que entorta varal. É verdade. Dizem que a Nação é exigente e impaciente. Também é verdade.

Desta forma, um fator imprescindível a ser averiguado pelo Departamento de Futebol do Flamengo antes de qualquer contratação é a personalidade do jogador pretendido, pois a torcida simplesmente não aceita jogadores sem raça e sem espírito vencedor. Tampouco suporta jogadores frios, flagrantemente mercenários e sem sequer o menor potencial de identificação com a mística rubro-negra.

O Mengo tem uma larga tradição de sua massa torcedora contagiar seu time quando há entrega em campo, o que redundou, historicamente, em reações sensacionais e títulos improváveis, mas, para tanto, é necessário que existam jogadores com personalidade suficiente para transformar a pressão em incentivo, deixando o viés desagradável dela para amedrontados adversários (o “Alçapão da Ilha” vem aí).

 Alguns dos contratados no ano passado já mostraram vibração e orgulho compatíveis com a responsabilidade de envergar o Manto Sagrado, como Muralha, Rever, Diego, Arão, Cuellar e Mancuello (Donatti praticamente não teve chances).

Torçamos, agora, para os recém-chegados Trauco, Rômulo, Berrío e Conca terem rápida adaptação ao Clube, mostrando identificação e espírito vencedor, requisitos essenciais para que o Mengão, em 2017, com seu elenco em franca ascensão técnica, retome seu curso histórico de relevantes conquistas e empatia absoluta com seus apaixonados torcedores.

Vamos, Flamengo! Saudações Rubro-Negras!

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2017/02/novas-contratacoes-queremos-personalidade/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.