| Futebol

Novo esquema e ataque marcador: Fla muda para melhorar 2ª pior defesa

Ney Franco testa três zagueiros, e grupo admite necessidade de melhorar na retomada do Campeonato Brasileirão

ney franco conversa com jogadores do flamengo (Foto: Hector Werlang)Ney Franco deu atenção especial ao sistema defensivo do Fla em Atibaia (Foto: Hector Werlang)

É um diagnóstico comum aos jogadores: o Flamengo sofre gols em excesso no Brasileirão. Dono da segunda pior defesa da competição, com 13 bolas na rede de Felipe ou Paulo Victor, em nove partidas, o Rubro-Negro foi ao recesso motivado pela Copa do Mundo com a certeza da necessidade de melhorar. E o primeiro teste feito para tal, o esquema com três zagueiros, é a esperança para mudar o panorama. Que necessitará da ajuda do ataque.

Ney Franco deu atenção especial ao sistema defensivo nos treinos táticos feitos em Atibaia, cidade do interior de São Paulo que abrigou o time carioca na última semana. Formou o trio com Wallace, Chicão e Samir. Cobrou posicionamento, atenção à sobra e, ao exigir que todos marquem, inclusive os atacantes, começou a dar um padrão de jogo. Tudo para começar com o pé direito a retomada diante do Atlético-PR, em 16 de julho, ainda em local indefinido.

Chicão, a novidade na defesa, acredita que o sistema pode funcionar, desde que bem treinado. Lembra que a ideia fora testada na época de Mano Menezes, em 2013, porém, acabara inviabilizada por uma lesão sofrida por ele. Diz que atuou assim no Juventude e no Figueirense, clube no qual foi colega de André Santos.

- Ney testou uma formação, mas não quer dizer que irá jogar assim. Estávamos levando alguns gols que não éramos acostumados a sofrer, então, temos de melhorar. Não é só por parte dos defensores, mas o comprometimento de todos. Quando a defesa não está tomando gols, exaltamos os atacantes que nos ajudam bastante, por isso, todos têm que assumir esse compromisso de ajudar sem a bola – resume o defensor.

É a mesma opinião de Paulo Victor. Para o goleiro, o caminho está correto:

- A gente sabe que, quando se joga com três zagueiros, temos respaldo maior da zaga. E o time joga especialmente com os alas. Ney está procurando ver os pontos fortes dos jogadores para fazer o time encaixar. Temos tudo para ter uma sequencia boa e conseguir ter um time com a cara do Flamengo.

Depois de uma semana em Atibaia, o Fla volta a treinar nesta terça-feira, em dois períodos, no Rio. Há um jogo-treino marcado para o domingo. Quando os testes serão colocados em prática.


Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.