| Futebol

Novo organograma: Fla inicia processo de reformulação e unifica o futebol

Clube cria gerências para ter maior controle sobre o trabalho realizado com <br>as promessas rubro-negras. Objetivo é a implantação de uma nova filosofia

Adryan Cagliari (Foto: Getty Images)Adryan foi emprestado ao Cagliari até o meio do ano que vem (Foto: Getty Images)

Depois de uma série de reuniões para buscar melhorias na formação de jogadores, mudanças no Flamengo estão sendo comunicadas nesta sexta-feira. Gerências foram criadas para aumentar o controle sobre o trabalho realizado com as promessas rubro-negras sob o comando do diretor executivo do departamento de futebol, Felipe Ximenes.

O objetivo é a implantação de uma nova filosofia de trabalho. Tanto que o termo "categorias de base" vem sendo preterido para mostrar uma maior integração com o futebol profissional. Haverá mudanças no departamento, que hoje é comandado por Marcos Biasotto e Carlos Noval.

Entre as gerências criadas, Gabriel Skinner vai assumir a de futebol, algo que já vinha sendo trabalhado há algum tempo no clube - hoje ele é funcionário do departamento de marketing. Biasotto ganhará uma nova função para trabalhar diretamente na captação de jogadores. Sérgio Helt passará a cuidar de toda a logística, não apenas do profissional.

O processo de formação dos jogadores sofreu críticas seguidas pela dificuldade em revelar jogadores. Além disso, o Flamengo negociou recentemente Caio Rangel, de 18 anos, com o Cagliari, sem que ele sequer atuasse pelos profissionais. Seu contrato terminaria em fevereiro de 2015 e o jogador era considerado a principal promessa da clube atualmente.

Outros jogadores não conseguiram fazer a transição corretamente. Caso de Adryan, camisa 10 da seleção brasileira no Mundial Sub-17 de 2011. Ele chegou a atuar nos profissionais, mas não teve continuidade e está empestado ao Cagliari até o meio do ano que vem.

Essa é apenas a primeira etapa da reformulação no departamento de futebol com a chegada de Ximenes na busca pela revitalização do slogan "Craque o Flamengo faz em casa". A expectativa é de que ao longo do tempo mais mudanças aconteçam.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.