Uma semana após assumir o Vasco em uma eleição marcada por polêmicas, Alexandre Campello falou sobre administração, aliança com Eurico Miranda e os primeiros dias de seu mandato. Em entrevista à Fox Sports, o dirigente elogiou a gestão do rival ao ser perguntado se esta deveria servir de modelo para o Cruz Maltino.

''Sem dúvidas. O Bandeira assumiu o Flamengo com problemas parecidos com os nossos. Mas não só o Flamengo, existem outros clubes que conseguiram se reerguer depois do caos'', explicou o presidente.

Sobre a  súbita ruptura com Júlio Brant, ​Campello fez questão mais uma vez de explicar que não houve aliança com Eurico Miranda.

''isso é uma maldade. Começam a implantar um monte de notícias que não são reais, são notícias impulsionadas, compartilhadas. Na realidade, se ao invés de só repetir o que tem sido dito, e olhar para dentro do clube, você vai ver que, na verdade, tenho uma equipe de administração que jamais participou de qualquer mandato do Eurico. Meus vices-presidentes sempre foram oposição ao Eurico. Eu saí em 2004 do clube brigado com o Eurico, por ter divergido de suas atitudes. Sempre foi uma relação respeitosa, mas eu nunca votei nele'', disse.

Se mostrando oposição ao antigo presidente, Campello deu exemplo de como seu mandato já está diferente.

''Meu primeiro ato como presidente foi liberar a imprensa para ter o livre trânsito em São Januário. Antes ela ficava na arquibancada, no sol. Hoje pode circular pelas sociais. Mandei desbloquear mais de 10 mil internautas, que estavam bloqueados nas redes sociais'', comentou.

Confira a entrevista completa: