| Futebol

Números, um título e voto em Patrícia: o histórico de Luxa no Flamengo

Eleitor da ex-presidente, técnico volta ao clube de coração para quarta passagem. Ele é nono na lista dos treinadores com mais jogos e tem 51,6% de aproveitamento no Fla

Técnico a ficar mais tempo no cargo no Flamengo desde a saída de Carlinhos, em março de 1993, Vanderlei Luxemburgo está de volta ao clube, do qual é torcedor, pela quarta vez em sua carreira. Com 182 jogos, é o nono na lista de treinadores com maior número de jogos na história rubro-negra e terá a missão de tirar o time do buraco em que se encontra no Campeonato Brasileiro.

Na manhã desta quinta-feira, Luxemburgo já comanda seu primeiro treinamento no Ninho do Urubu, substituindo Ney Franco, que comandou o time em apenas sete jogos, sem conquistar uma vitória sequer. O novo treinador estreia domingo no cargo, contra o Botafogo, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro.

vanderlei luxemburgo tecnico patricia amorim (Foto: Fernando Azevedo/Fla Imagem)Vanderlei Luxemburgo votou em Patrícia Amorim nas últimas eleições (Foto: Fernando Azevedo/Fla Imagem)



A última passagem de Luxemburgo pelo Flamengo é recente. Ele chegou ao clube em 2010, com a missão de livrar o time do rebaixamento. Em 11 jogos, conseguiu três vitórias e cinco empates, sofrendo três derrotas. Alcançou seu objetivo e ficou no cargo no ano seguinte, quando levou o time ao quarto lugar no Brasileiro.

Em 2012, depois de uma série de atritos, principalmente com Ronaldinho Gaúcho, acabou deixando o cargo. No fim daquele ano, reapareceu no clube para votar na eleição que levou Eduardo Bandeira de Mello à presidência do clube. No entanto, declarou seu voto em Patrícia Amorim, com quem havia trabalhado em sua última passagem.

No geral, Vanderlei tem 89 vitórias, 56 empates e 37 derrotas em sua carreira como técnico do Flamengo. São 59,16% de aproveitamento dos pontos conquistados. Na última passagem, foram 84 jogos, com 38 vitórias, 32 empates e 14 derrotas. Nessa sequência, teve 57,9% de aproveitamento.

Como técnico do Flamengo, Vanderlei conquistou apenas um título, o Carioca de 2011, de forma invicta, na última vez em que esteve à frente do time. Em 1991, na primeira passagem, deixou o clube depois de um desentendimento com o presidente Márcio Braga por ter criticado a falta de estrutura. Voltou com Kleber Leite em 1995 e caiu por divergências com Romário, que cresceram depois da derrota para o Fluminense na final do Carioca.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.