| Futebol

O curioso caso de Adryan no Flamengo

flameng - O curioso caso de Adryan no Flamengo

“Craque o Flamengo faz em casa”.

Esse é um dos bordões mais conhecidos da mística rubro-negra. Daqui saíram craques que infelizmente nos remetem a um passado distante. Esperamos por um novo Zico torcendo para que o raio caia outra vez no mesmo lugar, mas vivemos em busca da receita mágica que nos permita viver as mesmas alegrias de outrora. A realidade, todos sabemos, é outra.

Mas, se não chegam os craques, sem dúvidas chegam os bons jogadores. Nestes investimos, durante anos, fornecendo treinamento, salário, assessoria, crescimento humano… fruto de um staff preparado e de uma estrutura em aprimoramento. Hoje, é possível apontar muitos jogadores que atuam no primeiro escalão do futebol nacional oriundos de nossa base. Até na seleção brasileira há frutos de nossas raízes.

Por que não nos aproveitamos tecnica ou financeiramente da maioria destes jogadores? Por que a maioria se valoriza quando sai do Flamengo? Talvez a melhor resposta para isso seja a falta de oportunidade.

E, no elenco atual, quantos são os jovens aproveitados? Dentre os titulares, podemos apontar somente Jorge como um caso de sucesso. Temos que ter cautela, é verdade, para não queimar os juniores e para que se adaptem aos poucos ao ambiente profissional do maior clube do Brasil. Mas o que explica a situação de Adryan?

Adryan já não é mais o garoto de 16 anos que foi promovido aos profissionais. O jovem já tem bagagem internacional, experiência com a camisa do Flamengo e, principalmente, boas atuações. Já foi disponibilizado para venda, empréstimo e troca, mas continua a ser preterido por jogadores de qualidade questionável, como Gabriel, Cirino e Fernandinho. Todos tem todas as chances para dar a volta por cima e mostrar seu futebol. Mas por que o Adryan nunca o tem? Será que ele atua tão mal nos treinamentos?

Enquanto escrevia essa matéria, li um comentário de Zé Ricardo que dizia preterir Adryan pelas outras muitas opções. Já sabemos quais são essas opções… e, sinceramente, elas não se destacam frente ao garoto. E, mesmo que se destacassem, se vale a pena dar tantas oportunidades pra Gabriel, por exemplo, por que não fazemos o mesmo para o “novo Zico”, para ter ao menos chances de conseguir um bom retorno financeiro com uma possível venda?

O caso de Adryan no Flamengo é mais uma incógnita que provavelmente não encontraremos respostas. Lamentavelmente, segue a sina de não valorizar nossa base. E nem precisei citar Léo Duarte, Thiago Santos, Felipe Vizeu…

SRN!

Rodrigo Coli

rodrigo.coli@colunadoflamengo.com

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2016/11/o-curioso-caso-de-adryan-no-flamengo/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.