| Futebol

O Flamengo 1 ano depois

flameng - O Flamengo 1 ano depois

Ontem começamos a busca do tão sonhado hepta, o Flamengo de 2017 entra como principal favorito ao título. O que mudou em 1 ano? Quando iniciávamos a competição cheio de dúvidas e desapontados?

Lembro-me ano passado de uma coluna que escrevi no começo do brasileirão “Hora de planejar 2017”, onde após os fracassos do Carioca, Primeira Liga e Copa do Brasil, entravamos no brasileirão, sem ter a menor ideia do que iria acontecer, muitas viagens, doença de Muricy, zaga incompleta, era o cenário de uma crise que batia a porta do mais querido.

O objetivo principal naquele momento era conseguir uma vaga para libertadores, nem sonhávamos ainda com Diego e as críticas eram sempre em torno de Wallace, Paulo Victor, Sheik, Guerreiro, Jorge, vale ressaltar que desses, apenas Guerrero continua no time, e hoje simplesmente é o nome mais importante do time na ausência de Diego.

Após a entrada de Zé Ricardo o time surpreendeu, começou a dar resultados e jogar bem, mesmo tendo que viajar pelo país sem ter um lugar para jogar. Com tantas viagens era difícil imaginar que o time ia ter forças para brigar pelo título. Devido a este cenário, começamos a ter um fator importante, conseguir pontos fora de casa, nesse período Diego já assumia o protagonismo do time e depois disso foi difícil nos parar. Fizemos de Cariacica nossa casa, mas falhamos no nosso teste pré-libertadores, caímos na sul-americana precocemente.

Apesar disso tudo lutamos pelo título do brasileiro, a questão foi que a conta chegou e o time perdeu folego no final da competição, caímos de rendimento e deixamos escapar em casa a possibilidade da briga pelo título, o cheirinho de hepta ficava para 2017.

Não fomos campeões, mas os pontos principais que achei importante para 2017 aconteceram, o time ganhou corpo e entrosamento, fizemos a manutenção do elenco, ganhamos importantes reforços e limpamos alguns males que nos cercavam. Zé Ricardo então tinha um início de ano inteiro para preparar o time. E aqui chegamos.

Diferente do ano passado, este ano chegamos favoritos ao título, com um excelente elenco, sem contar ainda a possibilidade de novos reforços. Não é só achismo, em números, temos aproveitamento de 66% contra times da série A, com apenas 1 derrota. Sem falar ainda quem este ano, dentro de casa só empatamos 1 vez, todos os outros jogos foram vitória, sem nenhuma derrota.

Apesar do empate com gosto de derrota de ontem, um campeonato de pontos corridos exige equilíbrio e aproveitamento de um time, ganha aquele que menos oscilar durante um campeonato, é o que precisamos fazer, recuperar os jogos perdidos e não deixar o topo da tabela ficar distante. Que possamos sentir o cheirinho de hepta durante o ano todo.

Twitter… Siga-me os bons! @ma_theusantos

Matheus Gonzaga. SRN!

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2017/05/o-flamengo-1-ano-depois/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.