| Futebol

O FLAMENGO É MAIOR QUE O ESTADUAL

Chegou a hora de mudar

 

Na semana passada falei sobre a falência dos estaduais e o quanto deficitário eles são. Pois bem, a quem interessa ter um campeonato onde o público não se interessa, os clubes tem prejuízos e nem mesmo a audiência na TV se compara com outros campeonatos.

A resposta é fácil, interessa apenas as Federações. Os números da primeira rodada assustam, para se ter uma ideia o clube que teve a maior receita foi o Macaé com cerca de 52 mil reais, o Flamengo teve a segunda maior receita da rodada com cerca de 46 mil reais. Os times a favor dos ingressos baixos tiveram prejuízos, pagaram pra jogar, o Vasco pagou cerca de 8 mil e o Botafogo pagou cerca de 42 mil reais. Já a Ferj que defende os interesses dos clubes abocanhou cerca de 53 mil reais só na primeira rodada.

No jogo de quarta-feira a Ferj levou do Maracanã pouco mais de 33 mil reais, enquanto o time vencedor da partida, mandante levou menos que o Barra Mansa.

Se engana aquelas pessoas que se o estadual acabar os clubes pequenos vão acabar, eles vão acabar se essa fórmula continuar, na realidade nós temos no Brasil times de futebol, estamos longe de termos clubes aqui, e tudo isso causado pela CBF e pelas Federações. Essa exploração e arrocho que os clubes sofrem só nos fazem ter certeza que os 7 gols sofridos pelo time da CBF não foi um mero apagão.

Sei que é impossível termos uma liga aqui no Brasil nos moldes da Premiere League ou como são os esportes americanos. Para se ter uma ideia um clube médio como o West Ham consegue competir financeiramente por um jogador com clubes como o Roma, Lazio, Valencia e outros importantes pela Europa, e isso se dá por conta do fortalecimento dos clubes ingleses, não a toa estão entre os times mais ricos do mundo.

Podemos ter clubes mais fortes e ao mesmo tempo deixar os estaduais para os times menores disputarem e galgar vagas em torneios nacionais como acontecia antigamente, mas para isso é necessário que façam os estaduais se tornarem atrativos para os torcedores reativando rivalidades históricas como Bonsucesso e Olaria, Ceres e Bangu, Americano e Volta Redonda e com isso fazer com que esses clubes cresçam.

O Flamengo se tornou grande demais para este modelo de estadual e não pode mais se submeter aos caprichos do Sr. Rubens Lopes e companhia.

JORNALISTAS?

Essa semana me deparei com alguns vídeos que me deram ânsia de vômito, o primeiro do senhor Edilson Silva, apresentador de um programete na CNT Rio chamado Panorama Esportivo, onde o mesmo fez todo o discurso do presidente viceíno Euvice Miranda e Rubinho da Ferj, inclusive dizendo que o nosso presidente Bandeira merecia apanhar na reunião de sexta passada. Ele também é narrador da Bradesco Esportes, mas nosso presidente já tomou as devidas providências e logo o Sr.Edilson Silva receberá a visita do oficial de justiça.

O outro destemperado veio de São Paulo, alguém ainda se lembra do Luís Ceará? Está fazendo cobertura da segunda divisão na RedeTV, ou seja, fim de poço. Comentando sobre a invasão em Macaé, este boçal disse que o Flamengo é um time de barangas, que não conhece nem três jogadores do time, que pelo time ser ruim a torcida apronta e com tantas dívidas deveria fechar as portas. Na hora eu fiquei na dúvida sobre quem ele falava, ai me lembrei que ele só assiste a série B e como o Flamengo não joga esse torneio não teria mesmo como nos conhecer.

Quando o medo bate a reação deles é primeiro se cagar todo e depois atacar. Preparem o lombo que o coro daqui pra frente será enorme.

Curtinhas

Time com dois jogos, duas vitórias, dois gols por jogo, segundo na tabela e dois jogadores fizeram gols, quem é?

Cirino fazendo dois gols na partida, ainda vão cornetar o Luxa?

 

SRN


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.