| Futebol

'O Flamengo não deve fazer tudo correndo e precisa continuar preciso nas contratações'

Com saída de Jorge, Trauco assume a posição de lateral-esquerdo e deixa a reserva sem opção. Para especialistas, o clube deve procurar um novo camisa 6, mas sem pressa

flameng - 'O Flamengo não deve fazer tudo correndo e precisa continuar preciso nas contratações'

Recém-contratado do Monaco (FRA), Jorge deixa o Flamengo e se torna a maior venda da história do clube, negociado por 8,5 milhões de euros, cerca de 28 milhões de reais, passando Renato Augusto, que foi negociado por cerca de R$15 milhões. Apesar de já ter acertado com o clube francês, a saída de Jorge só será anunciada pelo Rubro Negro quando o atleta assinar contrato com o novo clube.

Jorge foi um dos destaques do Flamengo em 2016, o que lhe garantiu sua primeira convocação, como profissional, para a Seleção no Jogo da Amizade, disputa entre Brasil e Colômbia, em que o valor dos ingressos vendidos será doado para as famílias dos jogadores que estavam no avião que levava a Chapecoense para disputar a final da Copa Sul-Americana.

Jogador cria da base do Flamengo, se tornou profissional em 2014, foi vice-campeão da Copa do Mundo sub-20, em 2015, quando foi convocado para a Seleção. Além dos torneios, conquistou o Prêmio Craque do Brasileirão em 2016. O Flamengo esitou em vender o jogador, mas a transferência renderá cerca de 20 milhões de reais aos cofres rubro-negros, já que o clube tem 70% dos direitos do lateral.

Com a saída de Jorge, Trauco ocupa a vaga titular de lateral-esquerdo, mas a posição fica sem reserva. Seria uma boa hora para o Flamengo ir ao mercado em busca de um novo jogador? Para os especialistas do L!, o clube precisa contratar um novo camisa 6, mas não precisa ter urgência, pode continuar buscando e analisando como tem feito.


JOÃO PEDRO GRANETTE (setorista do Flamengo no L!)

A venda do Jorge aconteceu de uma maneira muito rápida e acabou pegando alguns de surpresa. Com a saída dele Trauco assume a titularidade e abre uma vaga para a posição no elenco. O Flamengo não deve fazer tudo correndo e precisa continuar preciso nas contratações, assim como já vem fazendo em 2017. De começo, enquanto não traz um outro jogador para a posição, Zé Ricardo pode usar algumas opções no elenco que já haviam sido testadas em outras oportunidades. Éverton já atuou como lateral durante uma boa parte da carreira e assim foi campeão com o Flamengo em 2009. Mais recentemente o rubro-negro jogava com o Pará improvisado na esquerda e Rodinei na direita. Com isso, o Flamengo pode ter um tempo para analisar as opções do mercado e não precisa fazer negócio de forma rápida.


PAULO VICTOR REIS (setorista do Flamengo no L!)

Se confirmada a venda do Jorge, como tudo indica, o clube irá em busca de um lateral-esquerdo. Isso é certo. Miguel Trauco chegou há pouco e ainda vai precisar se adaptar ao futebol brasileiro. Quando a venda de Jorge for confirmada, será preciso investir na contratação de um bom camisa 6.


JOÃO CARLOS ASSUMPÇÃO (colunista do L!)

O Flamengo fez muito bem em vender o jogador pela grana envolvida, mas acho que não encontrará outro jogador à altura. Tem que ir ao mercado procurar um bom reserva para o Trauco, poque precisa reforçar o elenco. Mas certamente quem chegar não será tão bom como o Jorge.

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/flamengo-nao-deve-fazer-tudo-correndo-precisa-continuar-preciso-nas-contratacoes.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.