O primeiro e o último

O primeiro e o último

Foto: Staff Images/Flamengo

No dia 3 de janeiro, o Flamengo estreou na Copa São Paulo contra o Ji-Paraná-RO. A goleada começou com um gol de Wendel, recém-promovido do sub-17. 22 dias depois, a campanha foi encerrada pelos mesmos... pés? Quase. De cabeça, Wendel fez o único gol da final. O gol do título.

Logo após a estreia, em entrevista exclusiva à FlaTV, falou sobre a emoção do primeiro gol.

"Uma emoção muito grande fazer o primeiro gol da Copinha, é uma competição com nível lá em cima. As forças vão se igualando. Temos que ter foco para fazer mais gols nos próximos jogos", disse, como quem sabia o que viria.

A comemoração do primeiro gol foi marcada pelo choro em homenagem ao pai.

"Meu pai me disse para jogar mais próximo da área, no sub-17 eu não fazia tanto gol. Quando marquei, lembrei dele e chorei", contou.