| Futebol

O que fazer no 2º turno para ser campeão?

flameng - O que fazer no 2º turno para ser campeão?

Após mais uma vitória importante, o Flamengo termina o 1º turno do Brasileirão brigando pelas primeiras posições. Em viés de alta, a equipe rubro-negra supera previsões e expectativas e se mantém na briga pelas primeiras posições do campeonato. O “cheirinho de hepta” exala cada vez mais forte entre os torcedores rubro-negros.

Mas quais foram os acertos que levaram o clube a esta boa posição? O que funcionou no 1º turno e que deve ser mantido para a segunda metade do campeonato?

1 – Vitórias contra os times considerados pequenos – Com exceção da derrota fora de casa para o Figueirense, o Flamengo não perdeu pontos para os times de menor expressão do campeonato. Evitar vexames é essencial para um time que pretende ser campeão.

2 – Manter o resultado sempre que saiu na frente do placar – Mesmo passando sufoco em determinadas ocasiões, Zé Ricardo conseguiu manter a vantagem em quase todas as partidas em que saiu na frente. A única exceção foi no empate em 3 a 3 contra o Botafogo.

3 – Permanecer com a melhor campanha como visitante – Em 9 das últimas 13 edições do Brasileirão, o campeão obteve a melhor campanha fora de casa. Pontuar como visitante é essencial para alçar voos mais altos em campeonatos de pontos corridos.

Entretanto, nem tudo foi perfeito. Alguns erros foram cometidos nessa primeira metade do caminho. Então, o que pode ser feito para crescermos ainda mais na competição? A máxima “em time que está ganhando não se mexe” é válida? Onde podemos melhorar?

1 – Vencer confrontos diretos – Dos outros 6 clubes que estão brigando na parte de cima da tabela, o Flamengo venceu apenas o Atlético-PR, já na última rodada do turno. O Flamengo precisa se agigantar e ser “mais Flamengo” nestas partidas.

2 – Colocar os melhores jogadores do elenco em campo – Zé Ricardo tem muitos méritos na subida de produção da equipe. Porém, também tem a obrigação de treinar e testar formações em que os melhores jogadores estejam presentes. Deixar jogadores como Alan Patrick, Mancuello e Cuéllar no banco para manter Fernandinho, Cirino e Márcio Araújo é não reconhecer que a equipe pode ser ainda mais forte e competitiva do que já é.

3 – Se fixar em uma “casa”. A peregrinação do Flamengo pelo Brasil é importante para o crescimento da marca e aproximação com torcedores de outros estados. Porém, a esta altura do campeonato, devemos pensar mais no lado esportivo do que no financeiro. Com a reabertura do Maracanã, a diretoria deve mandar todos os jogos da reta final no estádio. Até lá, Cariacica me parece uma boa opção.

Que os pontos positivos sejam mantidos e os negativos sejam reavaliados. Que Zé Ricardo tenha humildade para reconhecer os erros e coragem para mudar tudo o que for necessário. O “cheirinho de hepta” pode sim se materializar para o Mais Querido.

Curtinhas pós e pré-jogo:

Flamengo 1 x 0 Atlético-PR – O único confronto direto que vencemos no primeiro turno. Mais uma vez, ganhamos por um placar magro e perigoso. Mas o que importa mesmo são os 3 pontos, a vaga no G-4 e a continuidade na briga pelo título.

Sport x Flamengo – Jogar contra o Sport fora de casa nunca foi fácil. O rubro-negro do Paraguai mantém uma grande rivalidade contra o Mais Querido desde 1987 (nunca serão). Acredito em mais uma vitória magra e a ponta da tabela para o Flamengo.

Bruno Petrocelli

@brunopet365

@brunopet365

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2016/08/o-que-fazer-no-2o-turno-para-ser-campeao/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.