• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

O que mudou? Após garantir Pedro e Gabigol juntos no ataque, Ceni volta atrás e culpa ‘recomposição’

O Flamengo perdeu para o Athletico-PR neste domingo (24), em partida válida pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, e desperdiçou uma excelente chance de encostar na liderança da competição. Após o resultado negativo, Rogério Ceni foi questionado sobre a não utilização de Gabigol e Pedro juntos. Em entrevista coletiva após o duelo, o treinador explicou o porquê de não escalar os atacantes ao mesmo tempo, mas fez um discurso diferente do que afirmado em sua apresentação. Na ocasião, o técnico garantiu que “bons jogadores sempre podem jogar juntos, desde que cumpram função tática“, mas, na prática, isso não vem acontecendo no Mais Querido.

Além de não escalar Pedro e Gabigol juntos, Rogério Ceni faz substituições que intrigam o torcedor. Um exemplo foi o jogo deste domingo (24), com as atuações conjuntas de Pedro e Rodrigo Muniz, ambos atacantes. Questionado sobre o motivo de atuar com Muniz e Pedro, mas não testar a dupla do camisa 21 com Gabi, o treinador pregou um discurso na contramão da sua apresentação, e justificou a escolha colocando a culpa na “recomposição”; entenda:

Com os dois, (Pedro e Gabigol), eu não consigo ter a recomposição defensiva. Os dois se esforçam, quebram um galho, mas não são marcadores de natureza. O Muniz consegue fazer um lado do campo, recompor, minimiza a chance de sofrer gols. Gabigol e Pedro jogam centralizados, o Muniz consegue recompor na lateral -, explicou.

Vale lembrar que, após o jogo contra o Palmeiras, Rogério Ceni já havia descartado a possibilidade de escalar Gabigol e Pedro juntos, mas voltou a utilizar Rodrigo Muniz, atacante das categorias de base do Mais Querido, ao lado do camisa 21.

Com a derrota para o Athletico-PR, o Flamengo estacionou nos 55 pontos na tabela e viu o Internacional, líder da competição, abrir sete pontos de diferença na classificação. Agora, o Rubro-Negro precisa mudar a chave e se concentrar no próximo crucial desafio: o jogo contra o Grêmio, adiado da 23ª rodada, que será disputado na quinta-feira (28), na Arena do Grêmio.

Publicado em colunadofla.com.