| Futebol

“Operação tapa-buraco no Mengão”

flameng - “Operação tapa-buraco no Mengão”

Zé Ricardo vai mudar toda a defesa para o jogo de domingo, contra a Chapecoense, às 16h, na Arena Condá. A troca era esperada mesmo antes do jogo pela Sul-Americana. O desempenho do setor na goleada sofrida para o Figueirense por 4 a 2, porém, deu à mudança cara de operação tapa-buraco.

Na quinta-feira, já em Chapecó, o time treinou com Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge na defesa. Além de estarem entrosados, acumulam mais ritmo de jogo do que Paulo Victor, Rodinei, Donatti, Juan e Chiquinho. O trabalho em campo reduzido, porém, não deixou claro o que pretende o treinador.

A única decisão que parece tomada é a de trocar toda a defesa. Willian Arão, Alan Patrick e Guerrero fizeram apenas um trabalho físico leve. Com isso, ainda não se sabe se estarão à disposição de Zé Ricardo para domingo. A escalação do trio depende do parecer dos fisiologistas do clube.

No treino, Zé Ricardo escalou Márcio Araújo, Diego e Leandro Damião. Ronaldo, Adryan e Felipe Vizeu completaram a equipe. Apenas o atacante Marcelo Cirino não foi ao gramado — realizou tratamento muscular.

O treinador viu um Flamengo desatento contra o Figueirense. Ele, porém, não se arrepende de ter mandado a campo um time misto e se mostra crente na possibilidade de classificação.

“O objetivo do Flamengo, ao montar um elenco grande, era disputar as duas competições. E assim foi feito. Para o jogo de domingo a gente pensa novamente e para outra partida a mesma coisa. Entramos um pouco desatentos, sofremos logo dois, três gols, e isso dificulta com qualquer formação. Mas acredito que nosso segundo gol dá um alento, porque uma diferença de mais do que dois gols talvez fosse bem difícil de reverter.”

DONATTI É ABSOLVIDO

Donatti escorregou de forma bisonha e entregou o terceiro gol do Figueirense. Foi apenas o segundo jogo do argentino com a camisa do Flamengo. O técnico Zé Ricardo absolveu o jogador: “Foi uma questão isolada. O Donatti vinha treinando normalmente, fez três jogos-treinos para se recondicionar. Acontece com qualquer um que joga ali naquela posição. Escorregou. Mas longe de deixar qualquer crítica e ou de creditar a derrota a esse lance.

O treinador acredita que o time não vai se abalar pela derrota: “O grupo é experiente, nós conversamos no vestiário, e tenho certeza de que vai ser outro astral para o jogo de domingo. É um jogo dificílimo. Nós vamos buscar a manutenção no G-4.”

Fonte: O Dia

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2016/08/operacao-tapa-buraco-no-mengao/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.