| Futebol

Orgulho Inca: Guerrero e Trauco unem peruanos para torcer pela vitória do Fla

Trabalhadores contam emoção de ver astros da seleção levando nome do Peru pelo mundo. Mais de 200 mil peruanos vivem no Chile e mandam recado para rubro-negros

flameng - Orgulho Inca: Guerrero e Trauco unem peruanos para torcer pela vitória do Fla


Nos arredores da Praça de Armas, um dos principais pontos turísticos do centro de Santiago, há centenas de peruanos que lutam para vencer as dificuldades de viver longe do país natal. A noite desta quarta-feira serve para dois compatriotas, vestindo rubro-negro, deixarem em segundo plano a batalha diária da imigração. Guerrero e Trauco, ídolos nacionais, são o orgulho de um povo em campo pelo Flamengo. Nesta quarta-feira, às 21h45, o time brasileiro enfrenta a Universidad Católica, no estádio San Carlos de Apoquindo.

Num passeio pelas ruas do centro da cidade é possível ver a influência cultural do Peru no Chile. Restaurantes, roupas típicas, centros de atendimento a imigrantes - com direito a dizeres "Nenhum ser humano é ilegal" e ironias contra Donald Trump - o presidente americano -, os peruanos chegam aos montes ao Chile.

Segundo dados da embaixada do Peru, são mais de 200 mil em território chileno. O maior número de imigrantes no país andino. Há 23 clubes sociais peruanos registrados no Chile, três jornais, diversos estabelecimentos e até um time de futebol: o Club Deportivo Incas del Sur.


Um deles é Edmundo Palma. Vendedor ambulante, ele mora há sete anos em Santiago com a esposa e três filhos. Assim como outros - veja o vídeo -, ele fala com orgulho de Guerrero e Trauco.

- Eles representam o futebol peruano. Sou torcedor do Alianza Lima (time onde Guerrero atuou) e com certeza é um orgulho vê-lo. Na última Copa América, inclusive, foi escolhido como um dos principais "noves" do campeonato - contou o comerciante.

Guerra e rivalidade histórica

Encostado na catedral da Praça de Armas, uma fileira de peruanos se mobilizou para falar da dupla peruana do Flamengo. Os amigos Gerson e Alejandro apostam em vitória rubro-negra.

- Espero que Paolo e Trauco rompam as defesas adversárias. Quem vai fazer gol é Paolo com cruzamento de Trauco. O Flamengo vai ganhar por 2 a 1 - apostou Gerson, contando um pouco as dificuldades da vida longe de casa.

- É dura a vida aqui, não pense que é fácil, não é simples - disse o jovem peruano, de 31 anos.
 
Existe rivalidade histórica entre Chile e Peru, que transcende o futebol e até a discussão eventual xenofobia ou discussões a respeito de imigração legal ou ilegal. Os dois países protagonizaram a Guerra do Pacífico, nos anos 1879 a 1883.

- Isso (guerra) é muito antigo. Mas para a gente (peruanos) não tem nada disso. Já passou mais de 100 anos de tudo o que aconteceu. Nós não pensamos nisso. Eu e minha família temos carinho pelo Chile - contou Edmundo, de 54 anos. 

UNIVERSIDAD CATÓLICA X FLAMENGO

Segunda rodada Libertadores - Grupo 4

Data: quarta-feira, às 21h45 (de Brasília)

Local: San Carlos Apoquindo, Santiago

Flamengo: Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Romulo, Willian Arão e Diego; Berrío (Gabriel); Everton e Guerrero

Universidad Católica: Toselli Espinoza, Kuscevic, Lanaro, Parot, Fuentes, Kalinski Fuenzalida, Buonanotte, Noir e Santiago Silva.

Árbitro: Diego Haro (PER) auxiliado por Coty Herrera (PER) e Jorge Luis Yupanqui (PER).

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2017/03/orgulho-inca-guerrero-e-trauco-unem-peruanos-para-torcer-pela-vitoria-do-fla.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.