| Futebol

Os acertos e os erros do período de Muricy Ramalho no Flamengo

Passagem do treinador no Rubro-Negro chega ao fim nesta quinta-feira, entre altos e baixos deixados na Gávea

flameng - Os acertos e os erros do período de Muricy Ramalho no Flamengo

A passagem de Muricy Ramalho no Flamengo foi encerrada nesta quinta-feira, devido ao quadro de arritmia cardíaca do treinador. Sua "era" durou quatro meses e não rendeu nenhum título ao Rubro-Negro.

O LANCE! enumera abaixo os altos e baixos do período de Muricy Ramalho na Gávea.  

CINCO ACERTOS DE MURICY RAMALHO

NÃO SE INTIMIDAR COM MEDALHÕES

Muricy Ramalho ignorou supostas "imunidades" no elenco do Flamengo. Nomes como Emerson Sheik e Marcelo Cirino, antes vistos como titulares absolutos, foram para o banco de reservas em muitas partidas.

BRONCA COM MARATONA

O técnico também declarou abertamente sua irritação com o fato de o Flamengo ter de "peregrinar" na temporada. Após a equipe mandar jogos em vários estádios, Muricy Ramalho questionou a rotina intensa à qual a equipe foi submetida.

RESPONSABILIDADE É COM ELE!

Muricy Ramalho evitou que as situações adversas chegassem ao elenco rubro-negro. Os jogadores foram "blindados" ao máximo em sua época à frente da equipe.

AVAL PARA O FLA BUSCAR NOVO TÉCNICO

Diante de seu quadro de arritmia cardíaca, Muricy Ramalho mostrou dignidade para que o Flamengo acertasse com um novo treinador na sequência da proxima temporada.


VIDA QUE SEGUE!

O treinador não cobrará do Flamengo a multa rescisória pela quebra de contrato, sacramentada nesta quinta-feira. 

OS CINCO ERROS DE MURICY RAMALHO

FALTA DE PADRÃO TÁTICO


Durante seu ciclo, Muricy Ramalho não conseguiu dar uma cara à equipe do Flamengo. Mesmo com as frequentes mudanças, o Rubro-Negro não se encontrava em campo e, em muitos momentos, pareceu previsível.

FALHAS NO PLANEJAMENTO DO PLANTEL

A lista de jogadores para a temporada teve desequilíbrio em uma série de setores. Além de não encontrar um substituto para Guerrero, que é frequentemente convocado para a seleção do Peru, jogadores foram dispensados, como os zagueiros Antônio Carlos e César Martins.

ERROS NO SISTEMA DEFENSIVO

O técnico não conseguiu em nenhum momento ajustar o setor defensivo. Wallace mostrou destempero emocional, e César Martins não inspirou confiança em nenhum momento. Com a volta de Juan à equipe, a diretoria ainda cometeu um erro grave de planejamento: dispensou César Martins mas, depois de ver o veterano jogador se lesionar, chamou o defensor novamente.

MAU APROVEITAMENTO EM CLÁSSICOS

O rendimento do Flamengo nos clássicos cariocas foi para lá de decepcionante. O Rubro-Negro conseguiu vencer apenas o Fluminense entre os rivais. No mais, um empate contra o Botafogo e um empate e duas derrotas para o Vasco (a segunda custaria a eliminação na semifinal do Campeonato Carioca).

INCOERÊNCIA SOBRE PRIORIDADE DO FLAMENGO

Enquanto a diretoria do Flamengo depositava suas fichas em um título da Primeira Liga, Muricy Ramalho decidiu poupar jogadores justamente para a semifinal da competição regional. A postura, atribuída à maratona de jogos, causou a eliminação, com a derrota por 1 a 0 para o Atlético-PR.

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/acertos-erros-periodo-muricy-ramalho-flamengo.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.