| Futebol

Os números do Flamengo: chances de classificação em cinco cenários na Libertadores

Após vitória em casa e derrota fora, O GLOBO traça caminhos na fase de grupos

flameng - Os números do Flamengo: chances de classificação em cinco cenários na Libertadores

A derrota diante da Universidad Católica (CHI) fora de casa, na noite desta quarta-feira, pode ter jogado uma ducha de água fria na empolgação de alguns torcedores do Flamengo. Muitos estavam com o otimismo nas alturas após a goleada por 4 a 0 sobre o San Lorenzo (ARG), na estreia pela fase de grupos da Libertadores.

Outros ainda veem o time como favorito no Grupo 4 para avançar às oitavas de final, talvez até na liderança, e contabilizam o revés no Chile como resultado dentro da margem de erro. Com os resultados de quarta-feira, o Flamengo está na terceira colocação, fora da zona de acesso às oitavas de final, com 3 pontos. Universidad Católica e Atlético-PR dividem a liderança, com 4 pontos cada.

O GLOBO analisou números das últimas edições da Libertadores para tentar analisar as probabilidades de classificação à fase de mata-mata de acordo com a pontuação obtida pelas equipes. Veja o que as estatísticas dizem sobre chances do Flamengo em cinco possíveis cenários:

- Se vencer todos os jogos em casa e perder todos fora:

O que acontece caso os resultados do Flamengo nas duas primeiras rodadas se mostrem um padrão na fase de grupos? Se vencer os dois jogos em casa, contra Atlético-PR e Católica, e não conseguir nada longe do Maracanã, o time carioca terminaria com 9 pontos.

Um levantamento do site Futdados, que levou em consideração todas as edições de Libertadores entre 2000 e 2015 com os mesmos critérios de classificação, indica para times que somam 9 pontos uma chance de 63,3% de avançar às oitavas de final.

O GLOBO considerou a pontuação dos classificados nas últimas cinco edições, de 2012 a 2016. Entre os 40 clubes que avançaram ocupando o segundo lugar em suas chaves, 11 (ou seja, mais de 25%) tiveram essa pontuação. Há chances até de avançar em primeiro, embora pequenas: apenas 6 dos 40 líderes nos últimos anos ficaram abaixo da marca de 10 pontos.

- Se vencer todos em casa e empatar todos fora:

Nesse caso, o Flamengo chegaria a 11 pontos, praticamente garantindo a classificação de acordo com a série histórica do Futdados: 96,3% dos clubes que atingiram essa pontuação avançaram às oitavas. Houve somente uma exceção neste século, de acordo com o Futdados. Foi o Audax Italiano (CHI), que somou 11 pontos na Libertadores de 2007 mas acabou atrás de Necaxa (MEX) e São Paulo no Grupo 2 daquele ano.

Embora as chances de classificação aumentem sensivelmente caso o Flamengo vença em casa e não volte a perder fora, a probabilidade de avançar em primeiro não fica muito diferente em relação ao cenário anterior, quando o time perderia longe do Maracanã. O GLOBO levantou que 7 equipes foram líderes de grupo nas últimas edições com essa pontuação. O percentual (17,5%) é quase o mesmo dos líderes que somaram apenas 9 pontos: 15%.

- Se empatar um dos jogos em casa:

A calculadora se tornaria a melhor amiga da torcida do Flamengo em caso de tropeço na próxima rodada da Libertadores, contra o Atlético-PR — jogo que deve acontecer no Maracanã ou na Arena da Ilha. O rubro-negro ficaria com 4 pontos a três rodadas do fim da fase de grupos.

Não poderia mais ser derrotado, e precisaria ao menos de duas vitórias para chegar à faixa de pontuação que a série histórica do Futdados aponta como segura para avançar às oitavas. A partir de 10 pontos, segundo o levantamento, os times tem mais de 90% de chance de passar de fase.

- Se vencer os dois jogos contra o Atlético-PR, em casa e fora:

Este, claro, é o melhor dos mundos: com vitórias nas próximas duas rodadas, no Rio (12/04) e na Arena da Baixada (26/04), o time carioca já estaria com 9 pontos e na zona de classificação para a próxima fase. Bastaria fazer o dever de casa e vencer o último jogo em casa, contra a Católica, no início de maio. De acordo com a série histórica do Futdados, todos os times que somaram 12 pontos (ou mais) neste século se garantiram nas oitavas de final.

E pode ser ainda melhor: se, além de tudo isso, o Flamengo conseguir um empate fora de casa contra o San Lorenzo, o time de Zé Ricardo ficaria muito bem encaminhado para avançar em primeiro no grupo. No levantamento do GLOBO, que leva em consideração as últimas cinco Libertadores, 15 equipes somaram exatamente 13 pontos na fase de grupos. Destas, 12 (80%) avançaram na liderança da chave.

Por sinal, 13 pontos é a pontuação máxima para um segundo colocado que o GLOBO encontrou no grupo pesquisado. Qualquer coisa acima disso é certaza de liderança do grupo.

- Se não vencer nenhum jogo contra o Atlético-PR:

Na pior das hipóteses — duas derrotas — o Flamengo chegaria às últimas rodadas com 3 pontos, e precisando desesperadamente de duas vitórias para ter mais de 50% de chance de se classificar.

Tanto na série histórica do Futdados quanto no levantamento feito pelo GLOBO, o pior desempenho com o qual um time chegou às oitavas da Libertadores foi somando 7 pontos. No cenário em questão, o Flamengo alcançaria a pontuação mesmo sem vencer uma das rodadas finais. As chances de avançar com 7 pontos, porém, são pequenas: menos de 9%, segundo o Futdados, ou 5% no grupo levantado pelo GLOBO. Por via das dúvidas, é melhor nem contar com este cenário.

Fonte: http://oglobo.globo.com/esportes/os-numeros-do-flamengo-chances-de-classificacao-em-cinco-cenarios-na-libertadores-21069960

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.