| Futebol

Os pecados capitais do Flamengo na derrota para o Figueirense

flameng - Os pecados capitais do Flamengo na derrota para o Figueirense

Depois da precoce eliminação na Copa do Brasil, o Flamengo "ganhou" a oportunidade de disputar a Copa Sul-Americana, competição internacional, coisa que o clube não conquista há 17 anos desde a Mercosul de 1999.

 

Na noite desta quarta-feira, na estreia contra o Figueirense, o técnico Zé Ricardo optou por escalar um time alternativo. O que acabou atrapalhando a equipe que foi derrotada por 4 a 2 e agora precisa reverter a vantagem do Figueira no jogo da volta, em Cariacica.

 


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

 

Brigando pelo G-4 do Brasileirão e com um bom elenco formado é normal poupar alguns jogadores, mas algumas decisões foram cruciais para a derrota rubro-negra.

 

A escolha das peças no sistema defensivo atrapalhou e muito a atuação rubro-negra. Principalmente nas laterais e na zaga.

 


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

 

Chiquinho que chegou a substituir Jorge durante alguns jogos não conseguiu corresponder e ontem mais uma vez foi abaixo da média. O time do Figueirense explorou as jogadas em cima do lateral que pouco conseguiu produzir e sofreu tentando marcar os adversários.

 

Donatti, que falhou em dois gols da equipe catarinense, havia entrando em campo apenas uma vez com a camisa do Flamengo e nunca havia jogado ao lado de Juan, que por sua vez ficou um bom tempo machucado. Pouco entrosados, a atuação da dupla foi um desastre.

 


(Foto: Getty Images)

 

Outro erro foi na escolha do goleiro, sem jogar desde maio, Paulo Victor deixou clara a falta de ritmo de jogo, se mostrou inseguro no início da partida e falhou no último gol do Figueirense. Dar ritmo para um goleiro num jogo importante de eliminatória é dar um tiro no prórprio pé.

 

Números da partida:

 

 

No ataque, Paolo Guerrero foi o mesmo "desinteressado" de antes. Pouco participativo perdeu um gol praticamente sem goleiro e não conseguiu chamar a responsabilidade mas como sempre permanceu em campo os 90 minutos.

 


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

 

No meio-campo, Willian Arão esteve perdido. Aliás, o volante vem caindo de produção há alguns jogose é bom abrir o olho já que a concorrencia no setor é grande.

 

O jogo de volta está marcado para a próxima quarta-feira(31), no Kleber Andrade, em Cariacica. Precisando tirar uma diferença grande, resta saber se o Flamengo terá força para reverter o resultado ou se mais uma vez será eliminado este ano.

Fonte: https://esportes.yahoo.com/noticias/os-pecados-capitais-flamengo-na-144927454.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.