| Futebol

Os verdadeiros vilões desse Fla-Flu que não acabou…

flameng - Os verdadeiros vilões desse Fla-Flu que não acabou…

Caros Rubro Negros,

Decepção! Essa é a primeira palavra que me vem à mente com tudo o que vem ocorrendo no Campeonato Brasileiro de 2016. O caos tomou conta do certame. Um clube médio do RJ cujo as marcas indeléveis são as atuações nos bastidores e nos tribunais, já conseguiu seus 15 minutos de holofotes ao ter o pedido de anulação do Fla-Flu apreciado, isso claro após grande chiadeira e ameaças de faniquitos em praça pública. Também houve um pedido feito e já indeferido do Figueirense para a anulação do jogo deles contra o Palmeiras, além de uma acusação GRAVÍSSIMA, que vem sendo sistematicamente ignorada pela mídia de que um dirigente do Palmeiras teria constrangido o jovem Renato Augusto, que foi emprestado ao Figueira pelo time paulista, a não jogar a partida, algo que além de antiético é vedado pelas regras da competição e que tem previsão de punição severa. Enfim, a balbúrdia está instalada, todos apontam dedos nas mais diversas direções, a tabela tem dois asteriscos e a paz do torneio se vê mais uma vez ameaçada pela sombra opressora de decisões de tribunais que tentam se sobrepor aos eventos sagrados do que acontecem em campo.

Fanfarronices à parte, é preciso ter nesse momento uma visão mais ampla e sair do clubismo e isso também vale para a grandiosa Magnética. É preciso enxergar além do óbvio e entender quem são os grandes vilões dessa história. Vejam bem: Não são os jogadores do Fluminense esses vilões, uma vez que apenas reproduziram o que já temos por hábito de jogadores que não tem o mínimo respeito pela autoridade do trio de arbitragem e reclamam absurdamente por qualquer motivo. Também não devemos atribuir essa alcunha ao árbitro e nem mesmo ao bandeira, que no grito e no berro foram induzidos a voltar atrás da decisão acertada tomada em primeiro lugar. Sem falar que eles tem uma fração de segundo para, limitado aos seus sentidos, observar, julgar e dar parecer sobre lances ás vezes muito complicados e depois acabam julgados impiedosamente por milhares, através de diversos recursos, câmeras diferenciadas, tira-teimas, câmera lenta, etc. E também não adianta querer culpar, quem quer que seja que tenha trazido a informação de uma maneira ou de outra de que de fato existia uma irregularidade clamorosa no lance. Não se deixem enganar com isso de “interferência externa”. Em mais de uma ocasião temos casos de “interferência externa” em partidas de futebol. É um juiz que fica sabendo durante a partida de um erro cometido e acaba por “compensar” isso em suas decisões futuras… É um repórter de campo que dá um informação a um jogador ou ao 4º árbitro sobre um lance duvidoso… É a torcida que berra ao ouvir no rádio que o lance foi mal interpretado pela arbitragem. Tudo isso são exemplos de influência externa vinda do uso de recursos tecnológicos que podem interferir no andamento de uma partida de futebol.

O grande vilão dessa história sequer é o Fluminense, seja pela esdrúxula tentativa de enxergar uma irregularidade no primeiro gol do Fla ou seja pelo recurso apresentado ao STJD. Afinal, até pelo histórico dos caras ninguém duvidava que eles iriam ao STJD tentar anular essa partida, dado todo o acontecido. E digo mais, até entendo o lado dos caras, na medida que lá tem eleição esse ano e que, teoricamente, eles estão atrás dos interesses e direitos que julgam ter. E estamos em uma época na qual não duvido nada se alguém achar por bem contestar a lei da gravidade em nome de algum direito que julgue ter. No mais é salutar lembrar nesse ponto que o próprio Flamengo em 2013 esteve pleiteando o mesmo que o Flu em uma situação deverás semelhante, contra o modesto Duque de Caxias pelo campeonato carioca daquele ano, também em um lance irregular que foi anulado depois de muita confusão, pra dizer o mínimo. Sem falar em diversas outras ocasiões aonde times passaram por situações semelhantes e tiveram atitudes semelhantes às de Fluminense hoje e Flamengo em 2013. Isso apenas mostra que somos todos muito parecidos quanto a buscar o que nos é de fato conveniente e chama por uma reflexão sobre a recente indignação do nosso povo como um todo, clamando por justiça e como isso é incoerente com essas atitudes acima elencadas. Mas isso é assunto para outro fórum…

Mesmo o circo travestido de tribunal, o STJD, dessa vez não merece tantas críticas, afinal está fazendo seu papel dessa vez ao ser acionado. Os grandes vilões dessa história nos fazem de otários há anos, estão rindo da nossa cara e mal são lembrados. Os grandes vilões dessa história são a FIFA, A CBF, as federações afins e o sistema que foi construído ao redor deles, dos quais os cartolas e dirigentes são coniventes e eventualmente recebem benesses por conta disso. São eles que assistem ano após ano todo tipo de problema relacionado a organização e arbitragem e continuam sentados sobre suas voluptuosas rendas e fortunas enquanto clubes e torcedores se engalfinham em busca de migalhas, sem ver por um minuto sequer o quadro geral da situação e culpando uns aos outros.

Vejam um bom exemplo: Lembrem do problema ocorrido em relação a escalação de jogadores irregulares em no brasileirão de 2013. O que foi implementado pela CBF, organizadora do torneio, após todo aquele problema no intuito de que tal afronta a dignidade do campeonato jamais se repetisse? Nada. Sequer respeitam o estatuto do torcedor, lei federal, quanto a divulgação das penas e suspensões…

É incrível que em pleno 2016 os cartolas continuem brigando por essas migalhas e olhando apenas para os próprios umbigos. E nós, fãs do esporte e de nossos times, estamos aqui agora, discutindo regras, regulamentos e tribunais ao invés de falarmos do incrível campeonato que vem sendo disputado e das 7 rodadas que faltam e que sagrarão o Flamengo campeão… isso é lamentável e infelizmente nada me leva a crer que não acontecerá novamente em anos vindouros, por qualquer causa que seja. Parabéns a todos os envolvidos!!!!

Nota 0: Uma pequena parte da torcida Rubro Negra pareceu sentir bastante o golpe da derrota para o Inter. Não há motivo para isso. Estamos no páreo. Não é justo e nem é hora de jogar culpas nos habituais de sempre: Cirino, Everton Gabriel, Zé Ricardo… estamos na disputa do título e mesmo que não sejamos campeões, esse é apenas o princípio de tudo de bom que vem sendo feito no Flamengo. Nosso futuro cheira a coisas maravilhosas!!! Não duvidem!!!

Nota 10: A torcida do Flamengo. Em menos de um dia já foram vendidos mais de 25 mil ingressos para o jogo com o Corinthians, no retorno ao Maracanã. Tenho certeza que teremos casa cheia e um grande show da Nação mais espetacular do mundo!!!

Seção Gato Mestre: Venceremos o Corinthians, o Palmeiras vencerá o jogo dele e o Atl Mg também. O Fluminense tropeçara contra o Coritiba.

Saudações Rubro Negras!!!

Luiz Henrique Amorim

contato@colunadoflamengo.com

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2016/10/os-verdadeiros-viloes-desse-fla-flu-que-nao-acabou/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.