| Futebol

Oswaldo lamenta derrota e quer mudança de postura domingo

Treinador diz o que faltou ao Flamengo contra o Figueirense e pede atitude diferente contra o Internacional

Oswaldo quer mudança de postura contra Inter

Oswaldo quer mudança de postura contra Inter

Na noite da última quarta-feira (14.10), o Flamengo foi ao estádio Orlando Scarpelli para a 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas acabou perdendo para o Figueirense por 3 a 0. Mesmo com amplo domínio da posse de bola, a equipe rubro-negra teve dificuldade para finalizar e não voltou de Santa Catarina com os três pontos.

No domingo, o Flamengo terá mais um desafio na briga por uma vaga no G-4, em confronto direto contra o Internacional, e, para Oswaldo de Oliveira, o time precisará de uma postura diferente em campo para conquistar a vitória. Após a partida contra o Figueirense, o treinador lamentou a derrota em entrevista coletiva.

O Flamengo conta com o apoio da Nação Rubro-Negra para se recuperar. O próximo jogo do Brasileirão é na nossa casa e sua torcida é fundamental para o time. Clique aqui e saiba como comprar seus ingressos.

Confira os principais trechos:

Postura da equipe

Houve diferença de atitude, de espírito coletivo, de postura. Hoje o Flamengo não foi sombra do que foi, por exemplo, contra o Joinville. A questão do tempo de trabalho a gente precisa mesmo. Estamos aqui há menos de dois meses, tivemos alguns jogos muito bons, mas a equipe hoje foi realmente irreconhecível. Foi uma noite para esquecer. Temos que mudar essa postura e a atitude para que já no domingo o Flamengo encontre o caminho que vinha tendo até agora.

Emerson
O Emerson teve uma contusão, ficou afastado do treinamento, na verdade ele só voltou a treinar na antevéspera. Jogador muito importante e que pode render muito mais.

Tempo para trabalhar
O Flamengo é uma equipe que está se reestruturando e que precisa preencher várias etapas para que se torne equilibrada. Tenho dois meses no Flamengo ou ainda nem isso. Se for levar por tempo, trabalhei dois anos no Botafogo, ganhei um Carioca e uma classificação para a Libertadores. Trabalhei um ano no Corinthians, ganhei um Paulista, Brasileiro e Mundial. Trabalhei cinco no Japão, ganhei nove títulos e um tricampeonato. Quando se tem continuidade para trabalhar isso reflete nos títulos e no aproveitamento da equipe. Flamengo é muito grande, estou chegando e me esforçando. Todo mundo no Flamengo está tentando fazer o melhor, mas hoje infelizmente fomos irreconhecíveis.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/22346/oswaldo-lamenta-derrota-e-quer-mudanca-de-postura-domingo

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.