| Futebol

Pacotão da rodada#27 tem golaço de Maicon e defesaça de gremista Tiago

Volante são-paulino assina uma pintura contra o Atlético-PR. Substituto de Marcelo Grohe, goleiro de 21 anos realiza com cinco intervenções difíceis contra o Sport

Maicon e Antonio Carlos, São Paulo X Atlético-PR (Foto: Getty Images)Maicon e Antonio Carlos, São Paulo X Atlético-PR (Foto: Getty Images)

Na luta pelo título, o São Paulo fez a lição de casa na rodada#27 e bateu o Atlético-PR por 1 a 0. O único gol da partida foi uma pintura, assinada por Maicon. Com extrema categoria o camisa 18 mandou a bola no ângulo esquerdo de Weverton e ajudou o Tricolor a diminuir a distância para o líder Cruzeiro. Já a Raposa não terá boas lembranças da jornada. No jogo com o maior público (32,958 pagantes) o líder do Brasileirão 2014 perdeu para o Corinthians por 1 a 0 em casa. Apesar da derrota, o time mineiro ainda tem sete pontos  de vantagem para o vice-líder São Paulo.

Escolhido para ser o substituto do convocado Marcelo Grohe, o jovem Tiago foi um dos destaques do Grêmio e da rodada. Autor de cinco defesas difíceis, o goleiro de 21 anos foi o recordista do setor na jornada e ainda fez a intervenção mais bela. O triunfo ajudou o Tricolor gaúcho a entrar o G-4. No duelo entre Botafogo e Palmeiras, que lutam contra o rebaixamento, o Alviverde de Allione, o ator da rodada, venceu o Glorioso de Rogério, jogador mais caçado da jornada, e se distanciou na zona da degola.

Outro destaque foi a vitória da Chapecoense contra o Internacional por  5 a 0 . O resultado foi a maior goleada já aplicada pelo time catarinense na Série A, e foi também o maior revés que a equipe colorada já sofreu em Brasileiros, igualando a derrota para o São Caetano em 2003

Pacotão rodada 27 (Foto: Infoesporte)


Header golaço pacotão (Foto: Editoria de Arte)



Um dos jogadores mais versáteis do São Paulo, o volante Maicon foi o escolhido para substituir o convocado Souza. Em um time rechado de bons jogadores, o camisa 18 roubou à cena com uma pintura contra o Furacão. Aos cinco minutos da epata inicial, Ganso ajeitou a bola, e Maicon mandou a bola no ângulo esquerdo de Weverton, que saltou, mas não conseguiu fazer a defesa. O tento rendeu a vitória e ajudou o Tricolor Paulista a diminuir a distância a distância para o líder Cruzeiro.

HEader Pacotão defesa (Foto: Editoria de Arte)



Revelado na base do Grêmio, o jovem Tiago foi o escolhido por Felipão para defender a meta do Grêmio na ausência de Marcelo Grohe, convocado por Dunga. Com cinco defesas difíceis na vitória contra o Sport, o camisa 24 foi uma verdadeira muralha para o ataque visitante. Aos 43 minutos da segunda etapa, Tiago realizou duas ótimas defesas. Na primeira, ele impediu que Patric marcasse em um chute cruzado. No rebote, a defesa gremista não conseguiu cortar, e Felipe Azevedo tentou de bicicleta, porém, o arqueiro saltou para fazer a intervenção da rodada.

Header pacotão DRIBLE (Foto: Editoria de Arte)



Joia da base do Fluminense e das Seleções de base do Brasil, o atacante Kenedy esbanjou categoria e habilidade em uma jogada no empate sem gols entre o Tricolor carioca e o Atlético-MG. Aos 37 do segundo tempo, o camisa 30 interceptou uma bola estourada na ponta-direita, viu que Carlos iria dar o combate e aplicou uma belíssima caneta no jovem atacante atleticano, que ainda tentou fechar as penas após ser driblado.

Header pacotão SARRAFO (Foto: Editoria de Arte)



Um dos destaques do Goiás no Brasileirão, o volante Thiago Mendes vem ganhando elogios pelas boas exibições, mas contra o Vitória, o camisa 7 mandou mal. Aos sete minutos da etapa inicial, em uma disputa de bola com Richarlyson, Thiago levantou muito o pé e acabou acertando o rosto do jogador do Vitória. O árbitro Péricles Bassols Pegado Cortez não viu maldade na jogada e não puniu o volante do Esmeraldino. Já Richarlyson seguiu na partida sem maiores problemas.

Header pacotão Ator (Foto: Editoria de Arte)




Na luta para fugir da degola, o Palmeiras visitou o Botafogo e venceu por 1 a 0. A derrota deixou o Glorioso na última posição do Brasileiro. Aos 36 minutos do segundo tempo, o argentino Agustín Allione invadiu a área botafoguense, foi desarmado por André Bahia  na bola e se jogou. O árbitro Fabrício Neves Corrêa acertou ao não marcar a penalidade e mandou o jogo seguir no Maracanã.

Header pacotão GOL MAIS PERDIDO (Foto: Editoria de Arte)




Novo xodó da torcida do Flamengo, Eduardo da Silva está conquistando os rubro-negros com gols e boas atuações. No entanto, o brasileiro naturalizado croata perdeu uma chance de ouro de cair ainda mais nas graças dos torcedores da equipe carioca. Contra o Figueirense, aos 10 minutos do segundo tempo. o camisa 23, em posição legal, recebeu bom lançamento de Canteros. Sem marcação, o atacante dominou a bola no peito e finalizou de calcanhar, tentando fazer um golaço. Ligado na jogada, Tiago Volpi fez a defesa e impediu o tento do Flamengo.

Header pacotão ERRO (Foto: Editoria de Arte)



Ídolo da torcida do Coritiba, o veterano Alex, que vai se despedir dos gramados no fim desta temporada, foi um dos personagens centrais da vitória do Coxa contra o Criciúma. Logo aos 8 minutos do primeiro tempo, o camisa 10 tabelou  com Robinho, mas foi derrubado pelo atacante Souza dentro da área na devolução. O árbitro Sandro Meira Ricci errou ao não marcar a penalidade para o time paranaense, que venceu o duelo por 1 a 0, gol de Luccas Claro.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.