| Futebol

Pacotão do Fla: chutes de fora, passes espíritas e dobradinha pela metade

Time finaliza o dobro em relação ao tricolor baiano (16 a 8), e Luiz Antonio é quem<br>mais tenta chegar ao gol de Marcelo Lomba (cinco). Canteros dá toques esquisitos

  1. saída prematura
  2. para quem, canteros?
  3. chutes sem perigo
  4. dupla de sucesso

O Flamengo chutou muito contra o gol defendido por Marcelo Lomba na derrota por 2 a 1 para o Bahia, na tarde deste domingo, em Salvador. Mas embora tenha finalizado o dobro em relação ao rival (16 a 8), a maioria dos arremates levou pouco perigo à meta do goleiro tricolor (assista aos melhores momentos no vídeo ao lado). O jogo também marcou tarde pouco inspirada de Canteros, um dos principais articuladores do meio-campo flamenguista, e ratificou que Eduardo da Silva é muito bom pelo alto.

01

saída prematura

 

Um dos pilares do Flamengo desde a conquista da Copa do Brasil de 2013, Wallace deixou o gramado com apenas 14 minutos. Desabou na área em lance do qual participou passivamente. Não foi divulgado nenhum parecer médico, mas Vanderlei Luxemburgo, na coletiva concedida após o jogo, já o tratou como desfalque para o jogo contra o América-RN, quarta-feira, pela Copa do Brasil.

01

para quem, canteros?

 

Canteros foi o jogador que mais errou passes pelo Flamengo neste domingo – sete, mesmo número de Everton. É bom frisar que foi também quem mais encostou na bola do time rubro-negro. E três destes toques equivocados, porém, foram inexplicáveis. Talvez o mais compreensível ocorreu aos 10 minutos do segundo tempo, quando buscou Léo Moura. Ele, todavia, sequer olhou para o lado antes de rolar.

 
01

chutes sem perigo

 

O Bahia exerceu marcação muito forte no meio-campo, impedindo as projeções rubro-negras dentro de sua área. Inibido diante de uma verdadeira humana, os flamenguistas passaram a arriscar de fora da área quando o adversário abria. Luiz Antonio foi quem mais abusou de tentativas dessa natureza – cinco –, mas nenhuma delas foi defendida por Marcelo Lomba. O arremate mais interessante feito da intermediária saiu dos pés de Márcio Araújo, no primeiro tempo. Lomba, bem colocado, defendeu.

01

dupla de sucesso

 

João Paulo e Eduardo da Silva repetiram a dobradinha que vêm protagonizando desde a chegada do brasileiro naturalizado croata à Gávea. Dos seis gols feitos por Eduardo, três nasceram de cruzamento do lateral-esquerdo. Na jogada posterior ao gol de honra rubro-negro, o camisa 23 quase fez seu segundo gol, que seria novamente de cabeça. Novamente o levantamento nasceu do lado esquerdo, mas desta vez saiu dos pés de Everton.


Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.