| Futebol

Pacotão do Fla: falta-relâmpago, Luxa irritado, chapelaria e mão na bola

Na derrota por 1 a 0 para a Chapecoense, na Arena Condá, técnico rubro-negro fica irritado com chutão de Muralha; Alecsandro dá chapéu e depois perde boa chance

 

Mais um jogo para deixar a torcida insatisfeita. O futebol apresentado pelo Flamengo na derrota por 1 a 0 para a Chapecoense, na tarde do último domingo, na Arena Condá, em Santa Catarina, deixou a desejar. O resultado empurrou o Rubro-Negro para a lanterna do Campeonato Brasileiro, já que o Figueirense venceu o Sport, e o Coritiba empatou com o Corinthians. O gol sofrido por Paulo Victor, o único da partida, uma falta com dois segundos de bola rolando e os chapéus dados por Alecsandro e Fabiano foram alguns dos destaques do jogo. (Veja um compilado os melhores momentos do confronto no vídeo ao lado).

01

mas já?

 

A Chapecoense mostrou que estava com muita vontade de vencer diante de sua torcida. Os jogadores correram bastante e fizeram marcação pesada em cima dos rubro-negros, até com algumas faltas. Mas ninguém esperava que a primeira infração seria tão cedo. O juiz mal havia apitado o início da partida, e um jogador do Flamengo foi derrubado pelo adversário, com dois segundos de jogo. Pode isso, Arnaldo?

01

a atuação de paulo victor

 

No lance do gol da Chapecoense, que resvalou em Rafael Lima, ficou a dúvida se Paulo Victor poderia ter pulado e evitado que a bola entrasse. E também foi questionado se o intenso sol na Arena Condá teria atrapalhado a visão do goleiro, que, nos primeiros minutos, já havia feito uma defesa esquisita. Mas na etapa final o arqueiro rubro-negro foi importante para a equipe, ao defender bem duas bolas difíceis e impedir que o adversário aumentasse a vantagem no placar.

01

com a mão não, alecgol

 

Alecsandro teve duas boas chances de empatar o jogo. Na primeira, em um chutão de Marcelo, ele ganhou do defensor, com uma ajeitada de mão, e tentou encobrir o goleiro Danilo, que se antecipou e conseguiu a defesa. Mais para o fim da partida, em outro momento, o toque com o braço do atacante foi mais visível e, desta vez, apontado pelo árbitro. A oportunidade era boa...

01

chapelaria

 

Não foi um jogão com chances claríssimas e belas jogadas das duas equipes, mas também teve momentos de categoria. Dois chapéus, um para cada lado. No primeiro tempo, Fabiano deixou o marcador na saudade e continuou o lance para a Chapecoense. Ainda na etapa inicial, foi a vez de Alecsandro se vingar e conduzir bonito a bola, por cima da cabeça do marcador.

01

luxa irritado

 

Ficou difícil de segurar a irritação. Se os torcedores ficaram insatisfeitos com a atuação rubro-negra, Vanderlei Luxemburgo pode se encaixar nesse grupo. Afobado, Muralha deu um chutão de longa distância, sem perigo algum, o que deixou o técnico impaciente na beira do gramado. Ele chamou a atenção do seu atleta e pediu mais calma nas jogadas.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.