| Futebol

Pacotão do Fla: Negueba na criação, bate-boca e Paulinho inacreditável

Ney Franco faz mudanças, e atacante vira principal armador de jogadas. Time mostra melhora, mas vitória sobre o Santos não acontece depois de chance incrível perdida

 

O técnico Ney Franco promoveu mudanças no time do Flamengo, barrando jogadores importantes, como André Santos, Cáceres e Elano. O time conseguiu evoluir diante de um Santos completamente desfalcado, mas ainda assim saiu de campo com um frustrante empate em 0 a 0, neste domingo, no Morumbi, com direito a uma discussão intensa entre Luiz Antonio e Wallace, decisões polêmicas da arbitragem e uma chance incrível desperdiçada por Paulinho no fim do jogo.

01

samir na lateral

 

Quando a escalação do Flamengo foi divulgada antes do jogo com o Santos, surpresa. Ney Franco optou pela entrada de Chicão na zaga, deslocando Samir para a lateral esquerda. O zagueiro, improvisado na posição, até que não comprometeu e chegou a se arriscar no ataque. No decorrer do segundo tempo, deu lugar a João Paulo, especialista na posição. Barrado, André Santos ficou no banco os 90 minutos.

01

DISCUSSÃO INTERNA

 

Durante a semana, o zagueiro Wallace afirmou que se fosse preciso sairia no tapa para fazer o Flamengo voltar a ser Flamengo. Por pouco, o fato não aconteceu no empate com o Santos neste domingo. Ainda no primeiro tempo, ele e Luiz Antonio, contido por Chicão e Léo Moura, discutiram asperamente depois de um ataque do adversário e o árbitro chegou a punir o meia com um cartão amarelo pelo episódio.

01

POLÊMICA CONTRA E A FAVOR

 

No primeiro tempo, o Flamengo reclamou de um pênalti não marcado de Victor Andrade em Léo Moura, que havia recebido a bola dentro da área, dominado no peito e preparado a finalização. No segundo, o árbitro não marcou um puxão de camisa de Chicão em Geuvânio, quando o atacante ia em direção ao gol do Flamengo, atrasando sua arrancada e permitindo a saída de Paulo Victor para fazer a defesa.

01

negueba armador

 

Escalado como titular, aproveitando as mudanças de Ney Franco e as ausências de Alecsandro e Hernane, machucados, Negueba teve boa atuação e se transformou no principal armador de jogadas do time. Em pelo menos quatro oportunidades deixou os companheiros em condições de finalizar, mas eles não tiveram sucesso. Foi substituído no meio do segundo tempo.

01

inacreditável

 

Mesmo sem apresentar um grande futebol, o Flamengo teve a chance de vencer o jogo contra o Santos nos últimos minutos do segundo tempo no Morumbi. Depois de um cruzamento de Arthur pelo lado direito, Paulinho ficou livre na pequena área para finalizar, cara a cara com o goleiro Aranha, mas chutou por cima, com a bola ainda resvalando no travessão.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.