| Futebol

Pacotão do Fla: zaga mal, "ajudinha" do juiz, e Eduardo sofre com "Zuñiga"

Croata deixa gramado mancando após pancada de Luccas Claro parecida com a do colombiano em Neymar na Copa do Mundo. Everton se salva com bonito lençol

  1. Zaga atrapalhada
  2. "Ajudinha" do árbitro
  3. Everton se salva com lençol
  4. LuCcas claro repete Zuñiga
  5. Território dos quero-queros

O Flamengo se afastou da confusão no Brasileirão, mas está em péssima situação na Copa do Brasil. Com um time misto por dar prioridade ao campeonato em pontos corridos, o Rubro-Negro perdeu para o Coritiba por 3 a 0 na noite de quarta-feira, no Couto Pereira, pelas oitavas, e encerrou uma série de quatro vitórias consecutivas. Na capital do Paraná, pouco se viu de positivo na atuação do time de Luxemburgo. Em alta pela performance desde que o treinador chegou, a defesa foi trágica e viu ainda o talismã Eduardo da Silva deixar o campo mancando muito após pancada de Luccas Claro nas costas, no estilo Zuñiga em Neymar. Domingo, o foco volta para o Campeonato Brasileiro, e o rival será o Vitória, em Salvador (veja vídeo com os melhores momentos).

01

Zaga atrapalhada

Pilar da volta por cima do Flamengo no Brasileirão, com dois gols sofridos em seis jogos sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, a zaga rubro-negra teve noite trágica no Couto Pereira. Novidade desde a chegada do treinador, Marcelo foi muito mal, com direito a escorregão, botes desnecessários e um pênalti infantil. Samir assustou Paulo Victor ao fazer corte para trás, e Luiz Antonio completou atuação em que esteve perdido com um gol contra. Deu tudo errado!

01

"Ajudinha" do árbitro

O Flamengo foi amplamente dominado, perdeu por três gols de diferença, e ainda poderia ser pior. Além dos muitos gols perdidos pelo Coritiba, o árbitro Marcelo Aparecido Souza (SP) deu uma ajudinha aos rubro-negros e interceptou bom passe que deixaria Zé Love em disputa de bola com Luiz Antonio, no fim do primeiro tempo. No segundo tempo, porém, não teve jeito de segurar o Coxa.

01

Everton se salva com lençol

Não é de hoje que Everton tem saído de campo como melhor jogador do Flamengo. Na vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba, há dez dias, já tinha sido assim, ao marcar o gol da vitória. No retorno ao Couto Pereira, o meia-atacante foi novamente o que se viu de melhor em rubro-negro. Ele não fez muito, é verdade, mas o bonito lençol no meio-campo, seguido de toque de cabeça para Lucas Mugni, foi bonito.

01

LuCcas claro repete Zuñiga com Eduardo

Na primeira vez que atuou os 90 minutos com a camisa do Flamengo, Eduardo da Silva não conseguiu repetir o sucesso de quando sai do banco e teve atuação discreta no Couto Pereira. Sua performance, no entanto, foi bem prejudicada após falta de Luccas Claro, no segundo tempo. Em disputa aérea, o zagueiro do Coxa deu uma entrada muito parecida a que Zuñiga acertou Neymar e o tirou da Copa do Mundo. Com o croata, a lesão parece não ter sido tão grave, mas a pancada o deixou mancando por mais de 20 minutos em campo.

01

Território dos quero-queros

Flamengo e Coritiba tiveram que dividir o espaço no gramado do Couto Pereira com visitantes insistentes durante o confronto das oitavas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira. Uma família de quero-queros invadiu o gramado durante o primeiro tempo e teimava em não sair dali. Não foram poucos os lances onde a bola cruzava o caminho do banco, que voava e retornava para o solo.


Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.