| Futebol

Pacotão: rodada#22 tem drible humilhante de Robinho e mico de Joel

Meio de semana também é marcado por pênalti não marcado a favor do Palmeiras contra o Flamengo, golaço de jogador do Galo e volta de Aranha à Arena do Grêmio

A 22ª rodada do Brasileirão foi recheada de lances impactantes, tanto pelo lado positivo como pelo negativo. A beleza de mais um drible espetacular de Robinho - desta vez em Lucas Coelho, do Grêmio - é contrastada com fatos inusitados, como o mico protagonizado pelo camaronês Joel, que, ao comemorar o terceiro gol do Coritiba sobre o São Paulo, pulou a placa de publicidade e caiu em uma das saídas que dão acesso aos vestiários. O susto causou a imediata preocupação de quem estava por perto, mas não impediu que o episódio fosse hilariante. A reação hostil da torcida do Grêmio, na volta do goleiro Aranha à casa do Tricolor gaúcho, também chamou a atenção.

Um dos jogos de maior polêmica deste meio de semana envolveu Palmeiras e Flamengo. O Verdão foi prejudicado com a não marcação de pênalti de João Paulo em cima do atacante Henrique. Além disso, a bola tocou na mão de Eduardo da Silva antes do cruzamento para Alecsandro fazer o segundo gol rubro-negro. O confronto foi tão tenso que Juninho ficou com o sarrafo da rodada por conta de uma infração cometida sobre Everton, do Fla. Outro fato que demonstra o quão quente foi a disputa é que Diogo terminou a rodada como jogador que mais sofreu faltas.

O líder Cruzeiro venceu o Atlético-PR com tranquilidade (2 a 0), mas escapou de ter o jogador com mais erros de passe. Egídio falhou 11 vezes no fundamento. O gol mais bonito da rodada teve a assinatura de Guilherme, do Atlético-MG. Ele exibiu toda a sua categoria na vitória por 3 a 2 sobre o Goiás, no Serra Dourada. Jemerson, zagueiro do Galo, se destacou como o atleta com mais roubadas de bola entre as dez partidas disputadas. A defesa mais vistosa da rodada foi apontada para Denis, do São Paulo. O substituto de Rogério Ceni demonstrou toda a sua elasticidade ao espalmar para escanteio uma cabeçada à queima-roupa do veterano Alex, do Coxa. Outro goleiro que faz jus a uma menção honrosa é Roberto Fernández. Ele praticou quatro intervenções de alto grau de dificuldade no triunfo do Vitória por 3 a 1 sobre o Fluminense.

Pacotão da Rodada 22 (Foto: Editoria de Arte)





Header pacotão GOLAÇO (Foto: Editoria de Arte)




Header pacotão DRIBLE (Foto: Editoria de Arte)



O lançamento do argentino Dátolo já dava a devida ideia da beleza do lance. Guilherme recebeu a bola em velocidade, dominou no peito e tocou por cima do goleiro Renan com extrema categoria. O golaço abriu o placar na vitória do Atlético-MG sobre o Goiás por 3 a 2. Guilherme ainda faria outro gol no triunfo do Galo, que agora está a apenas três pontos do G4, na sétima colocação. O Esmeraldino amarga a 12ª posição e começa a ficar ameaçado.            

Conhecido por ser o Rei das Pedaladas, Robinho daqui a pouco vai ganhar a alcunha de "Rei das Canetas", um dos nomes dados ao drible entre as pernas de um adversário. Contra o Grêmio, o craque do Santos puxou um contra-ataque em grande estilo, passando por Lucas Coelho de forma humilhante. O que mais chama a atenção é o pensamento rápido do camisa 7, o que impossibilita qualquer reação do jogador gremista, ávido por evitar a obra-prima.

HEader Pacotão defesa (Foto: Editoria de Arte)



O São Paulo foi derrotado por 3 a 1 pelo Coritiba na quarta-feira, e o resultado poderia ser ainda pior para o Tricolor paulista não fosse a grande exibição do goleiro Denis. Acostumado a substituir Rogério Ceni nas poucas brechas que o capitão concede, o suplente mais uma vez mostrou capacidade de titular. Aos 36 do segundo tempo, Carlinhos cruzou na medida para Alex, que cabeceou no cantinho. Denis se esticou todo e realizou defesa exuberante. 

Header pacotão GOL MAIS PERDIDO (Foto: Editoria de Arte)



A função de centroavante do Internacional parece estar amaldiçoada. Depois da longa má fase de Rafael Moura, Wellington Paulista assumiu a condição de titular, mas ainda não conseguiu balançar a rede desde então. Pior do que isso, o atacante perdeu gol feito no empate sem gols contra o Sport, na Arena Pernambuco. Ele tabelou com Eduardo Sasha e arrematou para fora, cara a cara com o goleiro Magrão.

Header pacotão SARRAFO (Foto: Editoria de Arte)



O relógio apontava apenas sete minutos do primeiro tempo quando o Flamengo tentou iniciar um um contra-ataque com a velocidade de Everton. No entanto, o meia rubro-negro foi parado por Juninho, lateral-esquerdo do Palmeiras. O jogador alviverde simplesmente ignorou a bola e cometeu uma infração por trás. Se fosse mais rigoroso, o árbitro Anderson Daronco teria motivos para aplicar o cartão vermelho.

Header pacotão ERRO (Foto: Editoria de Arte)



O lance parecia sem muito perigo para a retaguarda do Flamengo após lançamento longo de Victor Luís. Ainda assim, o lateral-esquerdo João Paulo preferiu esquecer a trajetória da bola e decidiu empurrar o atacante Henrique na disputa pelo alto. Isso justamente dentro da área. Pênalti para o Palmeiras, não assinalado pela arbitragem.

Header pacotão MICO (Foto: Editoria de Arte)



Nome do jogo entre Coritiba e São Paulo com dois gols, o atacante Joel será lembrado por algo além das jogadas. No lance em que definiu a vitória do Coxa por 3 a 1, o camaronês se empolgou na comemoração e decidiu pular as placas de publicidade para se aproximar da torcida. Ele só não contava com vão de uma das saídas para os vestiários do Couto Pereira após o pulo. Ou seja, o jogador levou um estabaco hilário.

Header pacotão Ator (Foto: Editoria de Arte)



A velha mania do jogador brasileiro de tentar cavar pênaltis não termina. O fanfarrão da vez foi Willie, do Vitória. O atacante invadiu a área do Fluminense e, ao perceber a aproximação do zagueiro Elivelton, preferiu se atirar no chão a seguir para executar uma jogada de perigo. O árbitro Thiago Duarte Peixoto não caiu na farsa do jogador do Rubro-Negro baiano e aplicou o cartão amarelo pela simulação.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.