Palmeiras acusa o golpe, mostra medo e dá moral ao Flamengo

Palmeiras acusa o golpe, mostra medo e dá moral ao Flamengo

Essa não deu para entender.

Desnecessária sob todos os aspectos a entrevista coletiva de Paulo Nobre, presidente do Palmeiras.

Atitude política e típica de quem parece estar com medo e preocupado com a ascensão do adversário no campeonato.

Seria melhor deixar batido e se concentrar apenas no Palmeiras, que depende exclusivamente dos próprios resultados para ser campeão.

Mexer com o Flamengo não é interessante.

As declarações de Paulo Nobre foram claramente direcionadas aos dirigentes da CBF e aqueles que comandam a arbitragem por aqui.

Não foi definitivamente a melhor estratégia.

As palavras deram moral ao Flamengo, demonstram falta de confiança no Palmeiras e só servem como incentivo independentemente da maneira como tenha sido a vitória no Fla-Flu.

Ver o Flamengo apenas 1 ponto atrás e no retrovisor deixou Paulo Nobre inexplicavelmente desesperado.