Diferentemente do que aconteceu em 2016, a luta pela taça não está em em evidência. Apenas projeções do que poderia ter sido e não foi. Eliminados precocemente do torneio continental, nenhum deles sequer chegou perto de ameaçar de fato o Corinthians, grande líder do certame nacional. Neste domingo, às 17h, os times se encaram em busca do objetivo que ainda resta: uma vaga na próxima Libertadores.

Na prática, os cariocas ainda têm a chance de conquistar a Copa Sul-Americana, mas é consenso no clube de que se trataria apenas de um "prêmio de consolação" bem abaixo do investimento realizado. Foram cerca de R$ 60 milhões em contratações em 2017, enquanto o Verdão aprovisionou R$ 116,9 milhões. O planejamento para a próxima temporada certamente já começou. Tudo para evitar novas frustrações.