Paquetá rebate crítica em rede social: “Vai arrumar o que fazer”

Paquetá rebate crítica em rede social: “Vai arrumar o que fazer”

Desde a onda de demissões ocorridas no futebol, uma palavra que sumiu do vocabulário do Flamengo foi ‘estabilidade’. Apesar de ter grandes chances de se classificar para a segunda fase da Libertadores e somar quatro pontos nas duas primeiras rodadas do Brasileirão, boa parte da torcida está insatisfeita. Na tarde desta sexta-feira (28), mais um ato de protesto foi realizado.

Diego Ribas foi o principal alvo da cobrança. O camisa 10 foi hostilizado e sofreu ameaças. Diego Alves, camisa 1 e goleiro titular, jogou café quente nos torcedores (veja o vídeo clicando aqui). Já com os ânimos mais calmos, os protestos foram para as redes sociais. Karine Ernandes, uma torcedora, comentou que não houve nenhum tipo de agressão, e Paquetá, um dos destaques da equipe, rebateu:

Coleguinha, vai arrumar oq fazer, sou muito mais Flamengo do que você, que assiste tudo e fala merda olhando pela tv… SRN.

O comentário foi rapidamente apagado, mas outros torcedores printaram e compartilharam na rede social. Veja todas as imagens encontradas (até este momento) no álbum abaixo:

Para tentar reduzir a pressão, o Flamengo encara o Ceará neste domingo (29), buscando sua segunda vitória no Brasileirão. A partida será no estádio Castelão, e o clube da casa vai tentar fazer valer o apoio de sua torcida para triunfar pela primeira vez na competição nacional, uma vez que, até então, tem um empate e uma derrota.