| Futebol

Para evitar prejuízo ainda maior, Flamengo foca no vice do Brasileirão

Depois do empate com o Coritiba no último domingo, no Maracanã, o Flamengo saiu de vez da briga pelo título do Campeonato Brasileiro e deixou de faturar 17 milhões de reais em premiação. Esta é a quinta competição disputada pela equipe no ano e nenhuma taça conquistada.

 


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

 

Para evitar um prejuízo ainda maior, o foco do Rubro-Negro se tornou o vice-campeonato brasileiro. De acordo com a premiação estipulada pela CBF, caso se concretize o objetivo do time de Zé Ricardo, o Flamengo ficará com 10,7 milhões de reais, enquanto o terceiro lugar terá direito a 7,3 milhões e o quarto a 5,3 milhões.

 

Na coletiva de imprensa após o jogo de domingo, Zé Ricardo confirmou que o Flamengo vai em busca de terminar o campeonato na segunda posição.


VEJA TAMBÉM:

Jesus "se rende" a CR7 | CR7 revela 'ódio' de Griezmann | "C.Ronaldo não é gênio como Messi"


 

"Temos ainda um objetivo secundário que é a busca pelo vice-campeonato. Vamos tentar nos recuperar dessa frustração para estar preparado para o jogo da semana que vem".

 

Se for colocar na ponta do papel o que o Flamengo deixou de faturar este ano por conta de fracassos dentro de campo, a conta fica grande. No Campeonato Carioca, por exemplo, onde era amplo favorito o clube perdeu os 5,4 milhões de reais que ficaram com o campeão Vasco, sem contar a bilheteria dos dois jogos da grande decisão.

 

 

Na primeira Liga, campeonato idealizado pelo próprio clube deixou de faturar 500 mil reais e na Copa do Brasil, onde o fracasso foi ainda maior,o Flamengo caiu na segunda fase da competição para o Fortaleza, deixou de faturar até 6 milhões de reais, prêmio estipulado para o campeão. Além disso, se tivesse ido às quartas de final já levaria 960 mil, e até a semi faturaria 1,2 milhão.

 

Engasse quem pensou que não poderia ficar pior, sem a Copa Sul-Americana, também eliminado na segunda fase, o Flamengo deixou de faturar até 6,7 milhões de reais, além de seguir na seca por um título internacional desde 1999.

Fonte: https://esportes.yahoo.com/noticias/para-evitar-preju%C3%ADzo-ainda-maior-151500357.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.