Para Neto, Flamengo encarnou o espírito de time vencedor no final

Para Neto, Flamengo encarnou o espírito de time vencedor no final
Depois da suada e heroica virada sobre o San Martins Corrientes na estreia da Liga Sul-Americana de basquete, por 76x75, o técnico José Neto falou, ainda na quadra, sobre o triunfo do Mais Querido. Elogiou os adversários, mas destacou acima de tudo a luta e a entrega de seus jogadores, que superaram ritmo e desentrosamento para conseguir a virada no último quarto, quando parecia que o jogo se encaminharia para vitória portenha. 

"Entramos para esse jogo sabendo que tínhamos pela frente uma equipe que já havia jogado dez partidas, com nove vitórias nessa temporada. O Corrientes tem o mesmo objetivo que o Flamengo nesta competição, que é de ser campeão. Sabemos que não temos a condição e o ritmo de uma equipe ainda mas nada disso poderia ser justificativa pra gente", declarou Neto, que mostrou a confiança que tinha no elenco e jamais deu por definida a partida.

"Éramos conscientes que, para ganhar, iríamos precisar colocar em quadra. Tudo o que treinamos e principalmente o espírito condizente com o que pretendemos. Daí veio a vitória. Mérito da determinação dos jogadores.  Mesmo tendo 20 erros e um aproveitamento muito abaixo, conseguimos uma vitória importante nesta competição. Agora é colocar o foco na próxima partida contra o Macabi, para ficarmos mais próximos da classificação", concluiu o treinador.

O Flamengo volta à quadra nesta quarta-feira, contra o Hebraica y Macabi, às 19h45, com transmissão pelo Sportv3.   

As equipes de basquete do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Estácio, AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR) e Lei de Incentivo Estadual/Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) do Rio de Janeiro, além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé. O Projeto Anjo da Guarda Rubro-Negro, de transferência fiscal de pessoa física, beneficia todas as modalidades olímpicas do Mais Querido.