Para Rodinei, Nação Rubro-Negra fez a diferença na vitória do Fla sobre o Emelec

Para Rodinei, Nação Rubro-Negra fez a diferença na vitória do Fla sobre o Emelec

 A vitória da última quarta-feira (16),  sobre o Emelec, por 2 a 0, colocou o Flamengo com uma rodada de antecedência nas oitavas de final da Copa Libertadores da América. O Fla não conseguia ultrapassar a fase de grupos há oito anos e um Maracanã cheio de torcedores Rubro-Negros, segundo declarou Rodinei na coletiva desta quinta-feira (17), foi fundamental para o êxito do time.

– Ontem ficou mais que provado a falta que a torcida fez nos dois jogos que jogamos em casa sem torcida. O calor que eles estavam foi uma coisa que não sei expressar. A energia que eles passam pra gente quando estamos em campo… Temos que ir pra argentina só pensando na vitória, nosso time tem qualidade e vai entrar sempre pra vencer -, disse o camisa dois.

Foi a primeira vez que a Nação pôde apoiar o time nesta edição da competição. O Mais Querido cumpriu punição de dois jogos com portões fechados em decorrência dos episódios de vandalismo e violência da final da Copa Sul-Americana.

As atenções estão voltadas para o último embate contra o River Plate, na Argentina, caso vença o Flamengo pode ser lider de chave, na competição intercontinental. Porém, o lateral lembrou que o clássico contra Vasco que acontece neste sábado (19), às 19h (horário de Brasília), no Maracanã não pode ser esquecido.

– Temos que pensar no Vasco primeiro e na semana que vem pensar no River para conseguir o primeiro lugar -, concluiu Rodinei.