| Futebol

Para valer: Fla pega Boavista e testa força de Trauco na estreia em Natal

Após derrotas na pré-temporada e perda de Jorge, Rubro-Negro avalia peruano em primeira partida oficial da temporada. Comissão estuda nomes antes de ir ao mercado

flameng - Para valer: Fla pega Boavista e testa força de Trauco na estreia em Natal

"A responsabilidade começa no sábado". A frase foi de Rafael Vaz, após duas derrotas na pré-temporada. Nesta noite em Natal, na Arena das Dunas, às 19h30, horário de Brasília (18h30 no horário local), o Rubro-Negro estreia no Carioca contra o Boavista cercado de expectativas. A começar pelo que será possível avaliar do substituto de Jorge: o lateral peruano Miguel Trauco. Ele é o titular da equipe nesta partida. E precisa mostrar serviço, até para deixar o Flamengo mais tranquilo no estudo de possíveis alternativas para a lateral esquerda. 

Após a saída de Jorge, vendido nesta quinta-feira ao Monaco, da França, o Flamengo, em reuniões e avaliações diárias do departamento de futebol e da comissão técnica, tem missão de acompanhar a adaptação de Trauco em campo. Além do peruano, o Fla tem alternativas para o setor. Isto, claro, se não for as compras. Conheça as opções mais abaixo.

Para a partida, o técnico Zé Ricardo deve manter o time-base dos últimos jogos. A tendência é que Romulo, com poucos treinos e apenas um jogo de teste no Ninho, comece no banco. O time de Saquarema tem atletas experientes e um técnico vencedor, Joel Santana.

Ficha técnica:

Flamengo x Boavista
Data/hora: 28/01/2017, às 19h30 (de Brasília)
Local: Arena das Dunas, em Natal (RN)
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro
Assistentes: Jackson Lourenço Massara dos Santos e Diego Luiz Couto Barcelos

Time provável do Flamengo: Alex Muralha; Pará, Réver Rafael Vaz e Miguel Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão, Diego, Mancuello e Everton; Guerrero. Técnico: Zé Ricardo

Time provável do Boavista:
Felipe; Maicon, Renato Silva, Antônio Carlos e Pedro Botelho; Douglas Pedroso, Júlio César, Eric Flores e Fellype Gabriel; Mateus Paraná e Thiago Amaral.

SUA OPINIÃO: Vote em quem deve jogar na lateral esquerda no lugar de Jorge

Voltando à lateral esquerda... Peruano é a opção natural

Zé Ricardo deu indícios do caminho que pode seguir para suprir a ausência do lateral. A opção natural para herdar a posição é o peruano Miguel Trauco, contratado ao Universitario (PER) nesta janela de transferências. Com a venda de Jorge e a saída de Chiquinho, o recém-chegado peruano passa a ser o único lateral-esquerdo de ofício dentro do elenco.

- O Miguel está há dez dias conosco, natural que sinta um pouco a adaptação, mas tem se mostrado um atleta bastante participativo nos treinos, de muita vontade e interesse de entrar logo em condição. Tem algumas características parecidas com Jorge. Com os jogos nós vamos o conhecendo melhor e ele conhecendo melhor nossa maneira de jogar. Se for o caso, vai jogar a partida deste sábado e fazer uma história bonita no clube.

Ir às compras? Talvez. Mas sem afobação

Confiante em soluções dentro do elenco para a posição, Zé deixou claro que o Flamengo não vai correr afobadamente ao mercado para tentar repor a saída de Jorge imediatamente. Ele, porém, não descartou uma nova contratação para a posição e disse que o assunto vai ser discutido e nomes analisados pela comissão técnica do clube.

- Vamos estudar com calma. Sem atropelo, assim como todas as contratações do Flamengo. Acabou época de contratar por ansiedade, por afã de apenas uma contratação. O mais importante é se programar, ter isso mapeado, o Flamengo tem um setor que faz isso muito bem. Com certeza teremos uma análise de vários nomes e se houver algum nome que achemos necessário trazer, vamos trazer. Não há definição ainda e ela não é feita só por mim. Logicamente, como treinador, tenho uma opinião com peso, mas é dividido com toda comissão técnica, direção e também com a presidência.

Improvisações de Everton e Pará são cogitadas

E se o Flamengo não for às compras, quais seriam as outras soluções internas como opções para a lateral esquerda além de Trauco? As possibilidades pensadas neste primeiro momento por Zé Ricardo são as improvisações do meia-atacante Everton, que atuou na posição no título do Brasileiro de 2009 com a lesão de Juan, ou do lateral-direito Pará, que também já foi improvisado no lado oposto do campo em ocasiões anteriores.

- Tem o Everton, tem o Pará, que jogou na esquerda, temos nossa categoria de base em uma eventual necessidade pode ser utilizada. São opções que não vemos problema algum. Hoje vemos no futebol europeu vários atletas desempenhando dupla função. Estaremos muito atentos com relação a isso - completou o treinador.



                   Jovem da base pode subir para compor elenco

Na base o Fla tem os jovens Moraes, de 19 anos, e Michael, de 17 anos. Ao que tudo indica, Zé Ricardo escolherá um deles para compor o elenco profissional este ano. Michael atuou em duas das sete partidas do Rubro-Negro na Copa São Paulo de Futebol Júnior, onde a equipe caiu nas quartas de final, enquanto Moraes foi titular nas outras cinco, tendo, inclusive, marcado um gol.


Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2017/01/para-valer-fla-pega-boavista-e-testa-forca-de-trauco-na-estreia-em-natal.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.