| Futebol

Para Walter, gol irregular do Flamengo evitou vitória do Corinthians

Apesar de toda a empolgação do Flamengo em buscar o título do Campeonato Brasileiro e voltar ao Maracanã depois de tanto tempo com o apoio de mais de 60 mil torcedores, o Corinthians soube controlar a pressão em campo e ficou ficou à frente no placar por duas vezes. No fim, o empate em 2 a 2 acabou deixando os cariocas mais distante do líder Palmeiras e os alvinegros dentro do G6. Mas, para Walter, o erro da arbitragem ao validar o primeiro gol de Paolo Guerrero foi crucial para evitar que o Corinthians voltasse à São Paulo com os três pontos.

“(Fez) total diferença. Mesmo eles brigando lá em cima, a gente sabe que nosso time é é bom, é qualificado, mas esse gol… Três jogadores impedidos! Não era um. E se fosse um pouco, mas estava muito impedido, né? Eles cresceram depois do gol”, explicou o goleiro, que fez importantes defesas no jogo e não deixou de valorizar a atuação do seu time. “Graças a Deus, conseguimos segurar o empate e voltar com um ponto, que vai ser muito importante para nós”.

Para Walter, a influência do gol validado de forma errada acabou mexendo tanto no resultado final quando no andamento que o jogo tomou e tem peso maior para os corinthianos por causa dos sucessivos equívocos que os árbitros tem cometido contra o Corinthians nas últimas partidas da equipe.

“A gente estava muito bem no jogo. A equipe deles não estava tendo chance no jogo, mas, infelizmente, a arbitragem novamente prejudicou a gente”, reforçou Walter, antes de também disparar críticas ao recém plantado gramado do Maracanã. “Até chutei duas bolas para fora. Acabei chutando o chão. Estava ‘jogável’, não tinha tantos buracos, mas estava com bastante oscilação. Mas a equipe se adaptou rápido e conseguiu um bom resultado”, concluiu o responsável por desbancar o ídolo Cássio do time titular do Corinthians.

Fonte: https://esportes.yahoo.com/noticias/walter-gol-irregular-flamengo-evitou-vit%C3%B3ria-corinthians-025656143--spt.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.