| Futebol

Paralimpíada tem ingressos a partir de R$20 para provas de atletas rubro-negros com chance de medalha

O promissor Michel Pessanha estreia no remo misto de tronco e braços e Karla Cardoso tem duas pratas no judô para deficientes visuais

flameng - Paralimpíada tem ingressos a partir de R$20 para provas de atletas rubro-negros com chance de medalha

Franquilim, Karla e Michel representam o Flamengo

Os cariocas já estão morrendo de saudades da Olimpíada, que terminou no último domingo (21). Mas em breve, de 7 a 18 de setembro, a cidade receberá as competições da Paralimpíada, que contam com atletas que são verdadeiros heróis e exemplos de superação. Como não poderia ser diferente, o Mengão também tem representantes nestes Jogos: o remador Michel Pessanha - com seu técnico do clube e da Seleção, Franquilim Oliveira - e a judoca Karla Cardoso. E as boas notícias não param por aí: o preço dos ingressos é bastante acessível. As entradas mais baratas para as provas dos rubro-negros custam apenas R$20 e as mais caras só chegam aos R$70.

Remo
Michel disputa no Double Skiff TA (tronco e braços) Mix ao lado de sua dupla Joseane Lima. No dia 9 de setembro, sexta-feira, são as baterias; no dia 10, a repescagem; no dia 11, as finais - sempre entre 8h30 e 11h30. Assim como aconteceu nos Jogos Olímpicos, as provas podem ser remarcadas devido a condições climáticas que prejudiquem o decorrer da disputa na Lagoa Rodrigo de Freitas, Zona Sul do Rio.

Clique aqui para comprar seus ingressos por apenas R$20 a R$40!

Michel assegurou sua vaga na Paralimpíada ao se classificar para a final do Mundial da categoria na França, em agosto do ano passado. A prova é disputada como na Olimpíada, com barco adaptado.

Judô
A multicampeã de baixa visão e medalhista de prata em Atenas-2004 e Pequim-2008 vai em busca de seu terceiro pódio paralímpico na categoria 48kg. As classificatórias e as finais serão no mesmo dia, 8 de setembro, quinta-feira, com início às 10h e 15h30, respectivamente, na Arena Carioca 3, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

Clique aqui para comprar seus ingressos por apenas R$50 a R$70!

No judô paralímpico as disputas, além de divididas por categorias de peso, também são classificadas por grau de deficiência visual. Tanto no masculino, quanto no feminino, são três as classificações e todas começam com a letra B (de Blind, "cego" em inglês). Outra peculiaridade é que no judô paralímpico os atletas já iniciam a luta em contato com o quimono do oponente.

Entenda as categorias:

B1 – Cego total - de nenhuma percepção em ambos os olhos até a percepção de luz com incapacidade de reconhecer o formato de uma mão a qualquer distância ou direção.
B2 – Lutadores que têm a percepção de vultos, com capacidade em reconhecer a forma de uma mão até a acuidade visual de 2/60 ou campo visual inferior a cinco graus.
B3 – Lutadores conseguem definir imagens. Acuidade visual de 2/60 a 6/60 ou campo visual entre cinco e 20 graus. Esta é a categoria de Karla Cardoso.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/23941/paralimpiada-tem-ingressos-a-partir-de-r20-para-provas-de-atletas-rubro-negros-com-chance-de-medalha

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.