| Futebol

Parceria vitoriosa nas categorias de base é reeditada no profissional

Dentre outros títulos, Zé Ricardo e analista de desempenho Carlos Eduardo Bressane conquistaram juntos a Copa São Paulo de Futebol Junior

flameng - Parceria vitoriosa nas categorias de base é reeditada no profissional

Foto: Gilvan de Souza

Em maio de 2014, o analista de desempenho Carlos Eduardo Bressane chegava ao Flamengo para integrar a comissão técnica da equipe sub-15. Atual comandante do time profissional, o técnico Zé Ricardo era o treinador da categoria na época. A partir de então, uma parceria vencedora no futebol de base rubro-negro foi formada.

A lista de títulos conquistados juntos é vasta. Em 2014, eles venceram a Copa Brasil-Japão sub-15 e o Torneio Otávio Pinto Guimarães (OPG). Em seguida, subiram para a categoria sub-20. Com essa geração, em 2015, conquistaram as Taças Guanabara e Rio, sagrando-se campeões cariocas sub-20, além de vencerem o Torneio Super Clássicos. No ano de 2016, a equipe alcançou seu auge ao vencer a Copa São Paulo de Futebol Junior, em uma final emocionante vencida nas cobranças de pênaltis. O técnico Zé Ricardo lembra com carinho de uma competição, em especial.

"A Copa Brasil-Japão foi especial por ter sido a primeira com times internacionais. O elenco foi reconstruído em termos de autoestima. Começamos o ano de 2014 muito mal, mas fomos buscando a melhora. O comportamento dos garotos fora de campo também era excelente, e isso culminou nessa vitória para nós. A competição é patrocinada pelo CFZ,  o Zico entregou as medalhas para os garotos. Foi uma experiência muito marcante", disse.

Zé Ricardo, sobre título da Copinha: "sensação inexplicável"

Sobre as demais conquistas, enumerou e destacou a importância de cada uma. No entanto, não deixou esconder a sarisfação alegria por ter levantado a taça do principal campeonato das categorias de base no Brasil, a Copa São Paulo de Futrbol Junior.

"O Campeonato Carioca de Juniores e o Torneio OPG foram muito legais porque o Flamengo não conquistava esses troféus há algum tempo, e nós o fizemos de maneira contundente. Vencemos ambos os turnos da competição. Fiquei muito feliz em trazer de volta ao Flamengo esses títulos, claro, mas a Copa São Paulo foi inexplicável. A competição reuniu 102 equipes, jogamos nove partidas em 24 dias. A adrenalina ficou alta durante todo esse tempo e a competitividade tão alta quanto. Enfrentamos as melhores equipes de base do Brasil, os melhores treinadores, muitos profissionais excelentes. Foram dias de muito trabalho, que terminaram com a enorme satisfação de ver tudo se concretizar com esse título.", comemorou, antes de falar sobre toda ajuda fornecida por Bressane e sua influência nas glórias alcançadas. 

"O Dudu sempre participou de tudo me passando muitas informações, fornecendo dados, imagens. Sempre focado em disponibilizar tudo que nós queríamos para nos preparar para as partidas. Os garotos adaptaram-se a ele de uma maneira excelente e todos compraram a ideia. Dias que tinham que ser, e foram, perfeitos para tudo dar certo."

Essa conquista também foi extremamente marcante para o analista de desempenho. Para ele, é como se um filme passasse diversas vezes por sua memória, tamanha foi a felicidade e inesquecível a final contra o Corinthians no Pacaembu.

"Fomos ganhando corpo durante a competição, a confiança foi crescendo a cada jogo. Foi uma enorme emoção ganhar uma Copa São Paulo, o título mais importante do futebol de base nacional, por um time com a proporção que tem o Flamengo. Sensacional ver o sorriso e o brilho no rosto dos meninos.", disse.

A experiência na equipe profissional tem sido marcante para ambos. "Está sendo fantástico para mim, apesar de ter acontecido na situação que foi. Lamentamos muito pela saída do professor Muricy devido a seu problema de saúde. Esperamos que ele volte rápido, pois acho que ele ainda tem muitas coisas a acrescentar no futebol brasileiro, mas está sendo maravilhoso, melhor que qualquer curso que imaginei fazer. Ter pessoas com quem já trabalhei anteriormente, como o Dudu, também tem me ajudado bastante, além de me tranquilizar. Temos uma maneira mais entrosada de trabalhar e isso facilitou o processo, sem dúvidas.", comentou Zé Ricardo.

Bressane também falou sobre esse momento de sua carreira. "Trabalhar com a equipe profissional do Clube de Regatas do Flamengo é superior a qualquer curso que se faça. É a realização de um sonho poder trabalhar com tantos profissionais excelentes. É algo que vai acrescentar demais na vida de todos os que estão aqui.", elogiou. Sucesso e evolução constante são partes do DNA rubro-negro.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/23576/parceria-vitoriosa-nas-categorias-de-base-e-reeditada-no-profissional

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.