| Futebol

Patrocínios pontuais vencem, e Fla pega Santos com camisa desfalcada

Contrato com a Clipper chegou ao fim no último dia 25; com o IFood, no domingo passado; diante do Peixe só serão exibidas as marcas de Caixa e Tim

flameng - Patrocínios pontuais vencem, e Fla pega Santos com camisa desfalcada

Fechados entre o fim de maio e o início de junho, os contratos pontuais com a Flamagas S.A, que exibiu a marca de isqueiros Clipper na camisa, e o IFood chegaram ao fim no último fim de semana, e o Flamengo só terá as marcas da Caixa e da Tim na partida desta quarta-feira, contra o Santos, às 21h45 (de Brasília), em Cuiabá.

Juntos, Clipper (R$ 800 mil) e IFood (R$ 500 mil) geraram R$ 1,3 milhão ao clube. Com a empresa espanhola, segue o contrato de licenciamento de produtos, cuja duração é de dois anos.

Em relação ao IFood havia expectativa de renovação, mas a possibilidade foi tirada de pauta pelo Conselho de Administração na última segunda-feira. O aplicativo de entrega de comidas a domicílio trocou de agência, e a questão orçamentária pesou para não ampliarem o vínculo. Apesar do rompimento, segundo o diretor de marketing rubro-negro Bruno Spindel, Flamengo e IFood ficaram satisfeitos com a parceria. A ação em que Everton recebe um entregador em casa e o presenteia com uma camisa do clube foi vista como ponto forte desta união.

– As parcerias tinham prazo determinado para finalizar em julho e tiveram grande sucesso. Os patrocinadores ficaram muito satisfeitos. Clipper segue com licenciamento e deve lançar um produto com a marca Flamengo entre setembro e outubro. Ganharam bastante participação de mercado com o lançamento da marca deles aqui no Brasil. A IFood também foi um sucesso enorme culminando com a ação do Everton no dia do Motoboy. Em redes sociais, o IFood teve 300% a mais de menções do que antes do período com o Flamengo. Além de toda exposição que o Flamengo dá e de todo o valor que a marca passa, os dois ficaram satisfeitos, e a gente espera que num futuro próximo a gente possa estar junto – afirmou Spindel.

Diretor de marketing do IFood, Arthur Santos enumerou alguns dos fatores que considerou mais positivo da ligação entre a empresa e o clube. Além disso, deixou portas abertas para o futuro.

– Nosso contrato possuía esse prazo de 45 dias e era uma estratégia nova para nós. Conquistamos coisas muito positivas. A cada postagem relacionada ao Flamengo conseguíamos um crescimento entre 10 e 30% no número de seguidores e engajamento. Além disso, realizamos ações muito importantes para as duas marcas como a hashtag #iFoodNoMengão onde personalizamos mais de 10 mil camisetas virtuais, o vídeo em comemoração ao Dia do Motoboy, onde alcançamos mais de 500 mil visualizações e também o envio da camisa para o Lukas Podolski, como presente de aniversário, durante a Eurocopa, onde tivemos uma repercussão mundial – disse Santos.

Contra o Santos, o Flamengo exibirá na parte superior das costas, onde ficava a marca da Clipper, a mensagem "Seja sócio-torcedor". A substituição já havia sido feita no último domingo, contra o Coritiba, pois o contrato entre as partes venceu no último dia 25. Já na manga, propriedade destinada à IFood até o último dia 31, nada será estampado.

A quatro meses do fim da temporada 2016 do futebol brasileiro, o Flamengo já tem conversas abertas para ocupar as duas lacunas em sua camisa, mas nenhuma delas encontra-se em estágio avançado.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/08/patrocinios-pontuais-vencem-e-fla-pega-santos-com-camisa-desfalcada.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.