| Futebol

Paulinho evita desculpas para derrota: "Consciência de que não fomos bem"

Atacante, que deve voltar ao time titular, admite atuação abaixo da média do Fla diante do Coritiba e coloca o foco no duelo com o Vitória, neste domingo, no Barradão

Paulinho Desembarque Flamengo (Foto: Cahê Mota)Recuperado de lesão na coxa, Paulinho deve voltar
ao time titular do Fla contra o Vitória (Foto: Cahê Mota)

O centro das atenções do Flamengo no desembarque no Rio de Janeiro foi Eduardo da Silva. Após a pancada estilo Zuñiga recebida nas costas pelo zagueiro Luccas Claro, todos queriam saber a condição física do croata. Entretanto, houve tempo também para que os jogadores comentassem a derrota por 3 a 0 para o Coritiba, na noite de quarta-feira, no Couto Pereira, e que deixou o Rubro-Negro em situação delicada nas oitavas de final da Copa do Brasil. E o tom das declarações foi o mesmo apresentado ainda no campo após o jogo: resignação.  

De volta ao time após se recuperar de lesão na coxa direita, Paulinho foi um dos poucos a se salvar com uma boa atuação no segundo tempo. Do seu pé direito poderia ter saído o gol de deixaria o Flamengo mais vivo na competição, mas Leandro Almeida cortou o chute certeiro no caminho das redes. Se não deu para aliviar a pancada recebida do Coxa, o jeito foi o atacante admitir a superioridade do rival e focar no retorno ao Brasileirão.  

- A equipe do Coritiba impôs o ritmo deles e temos que ter consciência que não fomos bem. Precisamos esquecer o Coritiba e pensar somente no Vitória.   

A tendência é que Paulinho retorne ao time titular do Flamengo no domingo, às 18h30m (de Brasília), no Barradão, contra o Vitória, pela 18ª rodada do Brasileirão. Seu companheiro de ataque, porém, é uma incógnita: Alecsandro e Elton já estão à disposição de Vanderlei Luxemburgo, enquanto Eduardo da Silva será reavaliado.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.